Home » Política, Todas as notícias » A pedido de vereadores e secretário, suplente pode entrar na Justiça contra Érica por infidelidade

A pedido de vereadores e secretário, suplente pode entrar na Justiça contra Érica por infidelidade

Por Allan dos Reis, direto da Redação, matéria atualizada às 21h10

O suplente da vereadora Érica Franquini, Donizete Santana, se reuniu na manhã desta segunda-feira, dia 8, com o secretário de planejamento Olívio Nóbrega, que nega o encontro [LER ABAIXO], e um grupo de vereadores, que o incentivam a entrar nas próximas horas com um pedido de afastamento da parlamentar por infidelidade partidária.

Mais do que afastar a vereadora Érica, o grupo tenta aumentar a pressão sobre a parlamentar e convence-la a mudar o seu voto para presidente. Na semana passada, ela e mais seis vereadores fecharam acordo para eleger os quatro componentes da mesa-diretora da Câmara, sendo ela a vice-presidente e Marcos Paulo (Pros), o presidente.

“Os advogados vão entrar com pedido de infidelidade partidária. Eu vou para cima, mas claro que ela tem os seus direitos”, resumiu Santana. Porém, uma hora depois, também por telefone, ele amenizou o discurso e disse que não vai ser usado por ninguém. “Por que não me ajudaram antes”, questionou. Ele ainda consulta os advogados para saber se o seu pedido pode prosperar.

Políticos incentiva o suplente Donizete a entrar com o pedido de cassação por infidelidade contra a vereador Érica Franquini nesta semana.

Políticos incentiva o suplente Donizete a entrar com o pedido de cassação por infidelidade contra a vereador Érica Franquini nesta semana.

A confusão começou após a vereadora anunciar que havia sido expulsão do PDT, partido em que disputou as eleições de 2012, e ter se filiado no PSDB, partido do prefeito Fernando Fernandes. Desde que a notícia foi divulgada da desfiliação, o primeiro suplente, que assumiria a vaga em caso de cassação, tem consultado advogados para saber da possibilidade de cassa-la e ocupar o cargo.

SECRETÁRIO NEGA ENCONTRO

O secretário Olívio Nóbrega, ligou ao repórter assim que a matéria foi publicada, para negar que tenha se encontrado com o suplente Donizete em seu gabinete na manhã desta segunda (8) para tratar do pedido de cassação por infidelidade. Ele fez questão de ressaltar que esse é um problema do PDT e não dele, que é filiado ao PR.

2 Responses

  1. Marcos Sergio Assis Sousa disse:

    Tai os Fernandes e Nóbregas querendo ser os donos de Taboão a toda força , e que o grupos dos sete ganhe pois Taboão não pode ser uma unaminidade é preciso mudar e discutir novas idéias e propostas pois 2016 vem ai apesar deste Governo ainda não ter terminado .

  2. Antônio Luis disse:

    Querem ganhar no tapetão… Os Nóbregas podridão de Taboão da Serra

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online