Home » Política, Todas as notícias » Acusado de colaborar com a ditadura, Marin recebe apoio de vereadores de Taboão

Acusado de colaborar com a ditadura, Marin recebe apoio de vereadores de Taboão

Por Allan dos Reis, Direto da Redação

O presidente da Câmara de Taboão da Serra Eduardo Nóbrega (PR) e a vice Joice Silva (PTB) apresentaram na semana passada um requerimento em apoio ao presidente da CBF José Maria Marin, que é acusado de ser um dos colaboradores da ditadura e ter incitado os militares contra o jornalista e diretor da TV Cultura, à época, que acabou sendo morto em 1975 após tortura na sede do DOI-Codi em São Paulo. O documento vai à votação na noite desta terça-feira, dia 30 de Abril.

O requerimento justifica a defesa a Marin afirmando que são “tentativas infundadas de vinculá-lo à morte do jornalista Wladimir Herzog, diretor de cultura à época dos fatos”. Porém, entre os acusadores está Ivo Herzog, filho da vítima, que pede a renúncia da presidência da CBF e deixe o comitê organizador da Copa de 2014.

Enquanto perde apoio em todo Brasil, Marin recebe cordialidades de vereadores de Taboão da Serra. (Agência EFE)

“[O deputado] José Maria Marin fez um aparte ao discurso do deputado Wadih Helu, no qual ele denunciava o jornalismo da TV Cultura que era dirigido por Wladimir Herzog. Neste aparte José Maria Marin pede uma intervenção do governo, das autoridades, para que volte a paz a reinar nos lares paulistanos e no jornalismo da TV Cultura. Coincidência ou não, 15 dias depois o Wlado era preso e dois dias depois aparece ‘suicidado’ que era a versão oficial”, explica o jornalista Juca Kfouri, em seu programa na ESPN Brasil.

Na semana passado o vereador Professor Moreira (PT) criticou o requerimento e garante que não vai votar a favor de um requerimento que defende um dos homens da ditadura, que perdurou no país por mais de duas décadas. “Não existem dois Marins. Só existe o Marin da ditadura”, diz.

Junto com o deputado federal Romário (PSB), Ivo Herzog colheu 54 mil assinaturas em sua petição online solicitando a saída de Marin da CBF e do Comitê organizador da Copa.

“Leia o requerimento 115/2013 – Joice Marques da Silva e Carlos Eduardo Nóbrega – requer seja consignado em ata dos trabalhos desta Casa moção de apoio ao ex-vereador, ex-deputado Estadual, ex-Governador do Estado de São Paulo e atual Presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, tendo em vista, tentativas infundadas de vinculá-lo à morte do jornalista Wladimir Herzog, diretor da TV cultura à época dos fatos.

4 Responses

  1. Eduardo Cruz disse:

    A cidade com um caminhão de problemas para resolver e o nosso ilustríssimo presidente da Câmara Eduardo Nóbrega (PR) e a vice Joice Silva (PTB) preocupados em apoiar o Presidente de CBF. É brincadeira!!!
    Como se o apoio dos vereadores dos dois tivesse algum peso para salvar o cargo deste senhor retrógado… Fora Marin!
    Senhor Eduardo Nóbrega e senhora Joice Silva, gastem o seu tempo como vereadores colaborando para o bem da nossa cidade. Foi para isso que os senhores foram escolhidos.
    Deixa a CBF para os clubes brasileiros e a FIFA.

  2. Beto disse:

    Vereadores de Taboao, reduzam-se a seu lugar.

  3. JEAN disse:

    O PRESIDENTE DA CAMARA ESTA CORRETO SE HOJE TIVESSE DITADURA NO BRAZIL NOS NAO TERIAMOS BAILE FANK ESSAS MUSICA PROFANAS, NINGUEM E OBRIGADO OUVIR “TIRA ROUPA COLOCA ROUPA” OS DIZERES EHOTICOS FORA ISSO NAO TERIAMOS POLITICOS LADROES OU PESSOAS QUE NEM O MAURICIO ANDRE ESCAPANDO DE UMA PONIÇAO DIZENDO EM UM DETERMINADO JORNAL QUE ASSIM QUE O PREFEITO GANHASE FERNANDO FERNANDO IRIA POUPA-LO ENTAO DEVEMOS PENSAR…QUE NA VERNADE O VEREADORES ESTAO CERTOS

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online