AME Taboão começa a funcionar nesta segunda (2)

O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Taboão da Serra, localizado na Estrada de São Francisco, no Jardim Helena, começa a funcionar nesta segunda-feira, dia 2 de Abril, com seis especialidades, das 22 previstas, que serão implementadas nos próximos meses. Por mês devem ser realizados 10 mil consultas e mais de 20 exames, incluindo os laboratoriais. Os pacientes já estão sendo encaminhados para tratamento pelas unidades de saúde da região através do sistema CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde).

AME Taboão começa a atender nesta segunda (2). (Foto: Allan dos Reis)

O Governo do Estado de São Paulo investiu cerca de R$ 5 milhões na construção da unidade e na aquisição de equipamentos de saúde. As informações estão no site da deputada Analice Fernandes (PSDB), que acompanhou de perto o andamento das obras. Ela ressalta a melhoria que a AME vai trazer no atendimento a saúde da região.

“Eu trabalhei muito para que o AME em Taboão fosse uma realidade. Gostaria que já estivesse funcionando há mais tempo, mas tenho convicção na melhoria que este equipamento de saúde trará para a população”, disse Analice ao site O Taboanense no fim de 2011.

O Secretário de Saúde do município, José Alberto Tarifa, confirma que existem muitas vagas para os moradores de Taboão da Serra.

“Nós temos bastantes vagas disponíveis e todas as unidades de saúde já estão marcando as consultas”, afirma Tarifa.

Apesar da unidade começar a atender hoje (2), a secretaria de saúde informa que a inauguração com a presença de autoridades deve acontecer assim que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o secretário de saúde Dr. Giovanni Guido Cerri tiverem uma data disponível na agenda.

AS ESPECIALIDADES

Nos primeiros meses, a AME Taboão vai atender pacientes nas seguintes especialidades: Cirurgia Geral, Dermatologia, Ginecologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia e Proctologia.

ATRASOS

Construída no local onde funcionava a UBS Jardim Helena, que hoje atende no Jardim Maria Rosa, a AME Taboão devia ter sido entregue no início de 2011. A prefeitura desocupou o prédio em fevereiro de 2010, mas o governo do estado começou as obras apenas no fim daquele ano.

Por Allan dos Reis

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.