Home » História e Dados, Todas as notícias » Amigos e familiares se despedem da enfermeira Selma da Saúde

Amigos e familiares se despedem da enfermeira Selma da Saúde

Por Allan dos Reis, no Parque Pinheiros

Foi enterrada neste sábado sob fortes aplausos, o corpo da enfermeira do Samu de Taboão da Serra, Selma Fátima, 57 anos, vítima de paradas cardíacas na manhã de sexta-feira (19) enquanto estava em casa. Ela chegou a ser socorrida ao PS Antena e – em seguida – transferida para o Hospital Geral do Pirajussara (HGP), mas não resistiu. O velório ocorreu no hall de entrada da Câmara Municipal. O enterro foi no Cemitério da Saudade.

Selma Fátima morre aos 57 anos vítima de parada cardíaca. Ela deixa cinco filhos, quatro netos e muitos amigos.

Selma Fátima morre aos 57 anos vítima de parada cardíaca. Ela deixa cinco filhos, quatro netos e muitos amigos.

Nascida em Sábara (MG) no dia 21 de junho de 1958, Selma da Saúde, como é conhecida, deixa cinco filhos (Agnaldo, Nilson, Fernanda, Daniel e Viviane) e quatro netas. Pós-graduada em enfermagem, ela também presidia o Conselho Municipal de Saúde. Nas eleições de 2008 e 2012, ela foi candidata à vereadora. Disputou a presidente do SindTaboão e – apesar de mais votos – a eleição foi impugnada e o caso está na Justiça.

Selma era personagem ativa na sociedade taboanense. Participava de discussões políticas, se envolvia em fóruns, organizava festas e amava a Pérola Negra, escola de samba, que desfilou no último carnaval.

Colegas do Samu carregam caixão da enfermeira Selma da Saúde.

Colegas do Samu carregam caixão da enfermeira Selma da Saúde.

Edna Trindade, amiga e companheira do Samu, afirma que ela era “uma grande parceira, companheira e vai deixar muita saudade em nós todos. E adorava fazer festas. Sempre estava feliz e bem”, afirma.

Integrante do conselho de saúde, Narciso Favaro, afirma que “é uma grande perda para saúde” e que ela leva um grande apanhado de luta. “Ela cumpriu a missão dela”. Outra amiga e membro do conselho, Telma Pinho, afirma que “ela lutava muito pelo município” e lembrou que tinham uma reunião na próxima semana para planejar algumas ações.

Para a secretária de saúde Raquel Zacainer, Selma era símbolo “de resistência, dedicação e nunca perdia a crença que era possível”. Emocionada, a diretora do Samu, Sonia Fischer, prometeu deixar “o Samu do jeito que ela queria. Ela amava essa cidade”, disse.

HOMENAGEM

Um dos maiores orgulhos da enfermeira Selma Fátima foi ter recebido a “Medalha 19 de Fevereiro” honraria oferecida pela vereadora Érica Franquini (PSDB) no ano de 2013 em celebração ao aniversário do município.

“Eu fico muito feliz de homenagear ela. Tenho certeza que foi um presente. Eu soube reconhecer o trabalho dela ao entregar aquela medalha”, disse Érica. Junto com outras pessoas, elas estavam começando os preparativos da 5ª edição da Medalha Laurita Ortega, que serão entregues as mulheres de destaque no município.

Selma da Saúde recebe a medalha comemorativa 19 de fevereiro. (Foto: Arquivo)

Selma da Saúde recebe a medalha comemorativa 19 de fevereiro. (Foto: Arquivo)

*correção do local de nascimento 

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online