Home » Sociedade, Todas as notícias » Após reunião e demissão de gerente, greve na Viação Pirajuçara termina; pontos ficaram lotados durante o dia

Após reunião e demissão de gerente, greve na Viação Pirajuçara termina; pontos ficaram lotados durante o dia

Por Williana Lascaleia, em Embu das Artes

Funcionário é carregado por colegas após fim da greve

Funcionário é carregado por colegas após fim da greve

Cerca de 500 funcionários da Viação Pirajuçara entraram em greve na manhã desta quarta-feira, dia 8. Foram dez horas de paralisação que prejudicou a população de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra e outros municípios da região que não conseguiram condução para irem ao trabalho. A paralisação só terminou após reunião com os donos da empresa que culminou com a demissão do gerente de tráfego a pedido dos trabalhadores.

No inicio da tarde um dos proprietários da empresa atendeu uma comissão com 10 pessoas e chegou a um acordo onde o dia de hoje não seria descontado, que acima de 7h20 será paga a hora extra de 50%, aumento para quem exerce dupla função, além da demissão do gerente de tráfego Rogério Dardengo.

Uma das principais reclamações da categoria foi que o funcionário Luiz Carlos Ramos, cuja esposa está grávida de quase três meses, passou mal precisando de cuidados médicos e o marido a acompanhou no atendimento médico e após entregar o atestado médico passou a sofrer perseguições e chegou a mudar de horário e linha.

Os ônibus voltaram a circular por volta das 14 horas.

PONTOS DE ÔNIBUS LOTADOS

Durante a manhã, muitas pessoas tentaram de tudo para conseguir chegar ao trabalho. Algumas empresas chegaram a disponibilizar transportes, outras dispensaram e a grande maioria ficou a espera do transporte publico até o fim do período de trabalho.

A operadora de telemarketing, Eli Dias, que trabalha no Centro do Taboão, ficou esperando o ônibus no ponto sem sucesso. Quando faltava menos de duas horas para o fim do expediente na empresa em que trabalha a greve acabou, mas ainda assim os pontos de ônibus ainda estavam lotados e ela não tinha mais como ir ao trabalho.

Pontos de ônibus ficaram lotados durante todo o dia em toda região.

Pontos de ônibus ficaram lotados durante todo o dia em toda região.

“Estou desde as 08h40 no ponto do ônibus esperando. [A empresa] Vai descontar meu dia de trabalho porque eu não tenho como ir trabalhar. A firma disponibilizou um ônibus, mas até agora não chegou. Eles podiam ter avisado sobre a greve, assim poderíamos nos organizar”, critica Eli, que estava acompanhada de mais cinco colegas da mesma empresa.

Já Vanderléia Sacramento, auxiliar de departamento pessoal, ficou cerca de uma hora no ponto do ônibus e afirma que a greve atrapalha a população, mas que os motoristas e cobradores têm direito de reivindicar seus direitos.

“Estou à uma hora esperando o ônibus. Eu nem estava sabendo da greve. Ela [a greve] atrapalha, mas é certo reivindicar seus direitos”, diz.

Ônibus com pneu furado bloqueia garagem da Viação Pirajuçara.

Ônibus com pneu furado bloqueia garagem da Viação Pirajuçara.

One Response

  1. Marcos disse:

    Agora e aguentar estes camaradas doidos na direção pseudônimo assassinos no volante,…..

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online