Home » Todas as notícias » Após semanas tensas, sessão na Câmara de Taboão volta ao estilo ‘paz e amor’

Após semanas tensas, sessão na Câmara de Taboão volta ao estilo ‘paz e amor’

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Após semanas de tensão e ameaças, a sessão desta terça-feira (23) na Câmara de Taboão da Serra voltou à normalidade e o clima de ‘paz e amor’ praticamente tomou conta da sessão. Até mesmo as atas de sessões anteriores que ‘amarravam’ os trabalhos do legislativo foram votadas. Nem mesmo os pedidos de CPI da Saúde ecoaram pelo plenário.

Após semanas com conflitos, sessão na Câmara de Taboão da Serra volta a tranquilidade.

Após semanas com conflitos, sessão na Câmara de Taboão da Serra volta a tranquilidade.

O vereador André Egydio (PSDB) deu o sinal. “Nossa Casa caminha para o entendimento. E as brigas políticas ficam lá fora. Aqui são pessoas que estão vereadores e são profissionais e seres humanos tanto quanto os outros. Espero que a paz caminhe. Diversidade política sempre vai ter”, diz.

Foi a brecha para que Eduardo Nóbrega (PSDB), que foi durante semanas o centro das brigas e divergências, pudesse pedir desculpas e disse esperar que a eleição do novo presidente e do governador possa encerrar os discursos de ódios e tentar reconstruir a relação harmoniosa.

“Do ponto de vista municipal, as eleições deixaram cicatrizes, que o tempo vai mostrar e demonstrar os acertos e os erros. Da minha parte, presidente [Joice Silva], muitas coisas foram colocadas. E mesmo dentro da teoria do caos, que de muito errado aconteceu, é possível encontrar coisas boas. Vou utilizar tudo que aconteceu para melhorar como Ser Humano e parlamentar. É importante entender, que as eleições passam. É preciso entender uma nova composição do plenário. Temos um membro da oposição, tem um grupo independente e um grupo da base do governo”, diz Nóbrega.

Após semanas tensionando, com pedidos até de CPI, Eduardo Nóbrega prega pela volta da normalidade.

Após semanas tensionando, com pedidos até de CPI, Eduardo Nóbrega prega pela volta da normalidade.

Nova líder do PSDB na Câmara, Rita de Cássia disse que ficou feliz com “a grandeza da fala” e que está na hora de acabar “com as briguinhas”. Em seguida, pediu uma salva de palmas ao Eduardo Nóbrega. Apesar do pedido, os vereadores Joice Silva (PTB), Marcos Paulo (PPS) e Ronaldo Onishi (SD) não a atenderam.

A presidente Joice Silva (PTB) reforçou que não vai aceitar ofensas. “Eu devo respeito a cada vereador e exijo o respeito de todos eles. É a peça-chave de uma boa convivência. Que a paz possa reinar em nossa cidade e a gente possa trabalhar e melhorar a vida da população taboanense. Sem baixaria, sem ofensas, sem maldades. Não vou me calar e vou rebater todas as formas baixas de machismo e ofensas”, diz.

Em sinal de integração, Joice convidou todos os vereadores – ao contrário do ocorrido em 2017 – para participarem de uma caminhada pela paz, que vai acontecer no fim do mês que vem.

REMEXENDO NA FERIDA

Apesar do tom harmonioso, o vereador Ronaldo Onishi (SD) não deixou passar ‘em branco’ os acontecimentos ocorridos na semana passada e reforçou que “a fala precisa ser acompanhada de ações práticas” e que as feridas ainda estão abertas.

Ele também dirigiu críticas diretas ao irmão do vereador, e atual secretário de esportes de Embu das Artes, Anderson Nóbrega, que foi pivô de uma confusão na semana passada.

“Não vou aceitar ataques pessoais. A política é perfeita. Seja a favor ou contra. Quero dizer. Se tal comportamento repetir, vou ficar os dois anos que me restam falando da sua família [Anderson Nóbrega]. Cada sessão, daqui para frente, se não cessar, vou falar da sua família. Se o senhor quer respeito, se de o respeito.

Onishi prega pela normalidade das sessões, mas diz que falará mal da família Nóbrega se houver ofensas pessoais a ele e sua família.

Onishi prega pela normalidade das sessões, mas diz que falará mal da família Nóbrega se houver ofensas pessoais a ele e sua família.

Se vier com ataque pessoal, vai ser respondido. Vou ficar toda terça usando o mesmo expediente. A cidade não merece isso. Temos muito que fazer e trabalhar. Mas vejo que a paz entre os vereadores tem que reinar”, ameaçou Onishi.

Ele também fez defesas dos órgãos de imprensas da região, que nos últimos dias viraram alvo dos Nóbregas, que registraram uma série de boletins de ocorrências, alegando difamação pelo conteúdo publicado. Joice reforçou também que não pauta nenhum veículo de comunicação de Taboão da Serra.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online