Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » Artista de Taboão da Serra revoluciona prêmio internacional de desenho de humor

Artista de Taboão da Serra revoluciona prêmio internacional de desenho de humor

Por David da Silva, do Blog Bar & Lanches Taboão

“Isso vai influenciar o resto do mundo”. Esta a previsão do cartunista colombiano Raul Zuleta, membro do júri do 44º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, ao se referir ao prêmio de primeiro colocado para o desenhista Bruno Hamzagic, de Taboão da Serra.

Foi a primeira vez em um concurso mundial que uma caricatura digital em 3D (três dimensões) leva o maior prêmio. “É um grande precedente, que vai fazer com que a caricatura tridimensional possa correr com mais força e ser incluída em outros concursos”, garante Zuleta. O prêmio foi entregue no último sábado, dia 26 de agosto.

Bruno venceu na caricatura e no Grande Prêmio. (Foto: Divulgação)

Bruno venceu na caricatura e no Grande Prêmio. (Foto: Divulgação)

O ano de 2017 está sendo prodigioso para Bruno Hamzagic (pronuncia-se Râmzaguí). Ganhou prêmios na Itália, na Noruega, menção honrosa na Croácia, entre outras conquistas nacionais. Esta é a segunda vez que ele traz para casa o prêmio máximo do Salão Internacional de Piracicaba – a primeira foi em 2012.

A caricatura campeã de 2012 retratou o trompetista Louis Armstrong. Neste ano, a escultura caricata de Bruno pegou pra cristo o pintor Jackson Pollock.

HUMILDADE GARGALHANTE

Bruno Hamzagic, bi-campeão no  Salão Mundial de Humor. (Foto: Reprodução)

Bruno Hamzagic, bi-campeão no
Salão Mundial de Humor. (Foto: Reprodução)

Toda vez que gravo entrevista com Bruno Hamzagic, mais da metade do espaço sonoro vem entupido de gargalhadas. Nos nossos bate-papos nas redes sociais, 70% dos textos das mensagens vem com a onomatopeia hahahah. Ri de tudo e de si mesmo. Ri pela boca e pelos dedos enquanto desenha. Ri e ganha prêmios. Só não é premiado nos concursos dos quais não participa.

Bruno e eu somos amigos desde 1998, e sobre ele já publiquei aqui no blog isto e mais isto

Mesmo consagrado duas vezes por um dos mais importantes salões de humor do mundo, ele não se considera caricaturista. “Na real meu trabalho é meio em cima do muro. Não sou um cartunista decente, nem animador decente. Não publico, nem trabalho em grandes empresas de animação. Tenho mais trabalhado com publicidade pra ganhar dindin”, diz com modéstia estóica.

Com 35 anos de idade, Bruno trabalha no estúdio de sua própria residência em Taboão da Serra. “Não dá pra dizer que sou um caricaturista. Trabalho com animação e direção de arte, normalmente para alguma animação e publicidade. Trabalho como freelancer e também executo serviços para um estúdio sueco de animação”, insiste na teimosa discrição.

Um dos seus grandes “baratos” atualmente é a tira digital de humor que atualiza pelo Facebook

GUERRA DE GIGANTES

Arrancar um primeiro lugar no Salão Internacional de Piracicaba é luta de titãs. Na edição deste ano, foram inscritos 2.985 trabalhos de 560 artistas de 57 países. O artista taboanense sagrou-se campeão em duas categorias.

A relação dos vencedores é um mapa-múndi. Na sequência do brasileiro Bruno, o primeiro lugar em cartum foi para a Áustria, o prêmio charge foi para Cuba, e na categoria tira o troféu foi para o Usbequistão.

O corpo de jurados tinha integrantes da França, México, Colômbia e Brasil. Na lista de menções honrosas, vi nomes do Irã, Portugal, Turquia, Sérvia, Canadá, Romênia, Montenegro, Espanha, Argentina e Croácia.

Apesar desta grande multiplicidade de nações, Bruno pisa com firmeza no chão do Salão piracicabano. Além dos prêmios máximos em 2017 e 2012, ele venceu também o de melhor caricatura em 2013, e ficou em segundo lugar em caricatura em 2001.

PINGOS DE TINTA E PALITO DE CHURRASCO

A obra campeã de Bruno Hamzagic custou-lhe quatro semanas de trabalho. “Tudo começou numa ideia que apareceu na minha cabeça, passou por rascunhos em um skechbook, dias de escultura digital e, depois de impresso, recebeu acabamento de lixa, cola, primer, tinta, pincel e palito de churrasco”, relata.

O uso do palito de churrasco na escultura foi meio uma reverência ao método de Pollock, que usava pedaços de pau para lançar tinta na tela.

Na mesma linha profética do colega colombiano citado no início desta matéria, o caricaturista Arturo Kemchs, do México, prevê que “essa determinação dos jurados [ao premiar Bruno Hamzagic com sua escultura digital tridimensional] vai abrir espaço para a arte em 3D em outros concursos do mundo”.

O Salão Internacional de Humor é realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo.

One Response

  1. Obrigado meu chapa Allan!
    Em nome do Bruno vai aqui nossa gratidão por repercutir essa boa notícia

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online