Home » Todas as notícias » Bailarina de Taboão da Serra é aprovada e vai estudar 2 anos na Escola Bolshoi

Bailarina de Taboão da Serra é aprovada e vai estudar 2 anos na Escola Bolshoi

Por Allan dos Reis, no Centro

A bailarina Giovanna Furlan de Souza (16 anos) da Escola Municipal de Bailado de Taboão da Serra vai estudar na Escola Bolshoi a partir de 2017 em Joinville (SC). Ela é uma das 48 aprovadas da concorrida seleção anual, que atrai talentos todos os Estados do país e até de países vizinhos.

A taboanense Giovanna Furlan, da Escola de Bailado, foi aprovada na Escola Bolshoi.

A taboanense Giovanna Furlan, da Escola de Bailado, foi aprovada na Escola Bolshoi.

O talento de Giovanna é indiscutível. Mas apesar disto, ela revela que entrou na seleção sem muitas pretensões.

“Teve uma pré-seleção em Araraquara (interior de São Paulo) e as meninas da Escola de Bailado iriam. Me perguntaram se eu queria ir e eu disse que sim. Fizemos a pré-seleção e fui bem. Mas não estava imaginando nada. Fui para conhecer e ver como era”, revela Giovanna.

Bem sucedida na primeira etapa, Giovanna e sua mãe, Sandra, foram de ônibus até a cidade de Joinville para a última seleção. Na primeira etapa pela manhã, mediram sua altura e o seu peso, entre outras coisas.

“À tarde, era a parte artística, que é uma aula normal. A gente fez a barra e o centro na meia ponta. Quando foi para a gente fazer a ponta, pediram para [todas] sairmos da sala. [em seguida] Uma das coordenadoras saiu e disse que a nova etapa só pegariam três meninas. E me chamou. Fizemos as pontas e pediram para dançar uma variação. Dancei uma que estava ensaiando aqui [na Escola de Bailado] chamada Bodas de Aurora. Dancei e fomos embora”, conta.

Giovanna e alunas da Escola de Bailado da Prefeitura de Taboão da Serra.

Giovanna e alunas da Escola de Bailado da Prefeitura de Taboão da Serra.

Além da Escola de Bailado mantido pela Prefeitura de Taboão da Serra, Giovanna Furlan também participa de um projeto da escola Bravo Ballet, localizada em Pinheiros (São Paulo).

BOA NOTÍCIA

Feita a apresentação, mãe e filha pegaram o ônibus de volta a Taboão da Serra. Giovanna estava toda feliz. Mexendo nas redes sociais, descobriram que a lista das aprovadas havia sido divulgada.

“Estava toda animada porque tinha ficado entre as três. No ônibus voltando, entramos no facebook do Bolshoi e vimos o resultado. Minha mãe foi descendo a lista e meu nome estava lá. Ela disse: ‘Giovanna, você passou’. Meu Deus. Não acredito. Eu não imaginava que iria passar”, completou.

Giovanna Furlan vai estudar dois anos em Joinville (SC) na casa de uma família.

Giovanna Furlan vai estudar dois anos em Joinville (SC) na casa de uma família.

LONGE DE CASA

Para realizar o sonho de dançar numa das escolas mais respeitadas do mundo, a Giovanna, que faz 17 anos no fim deste mês, terá que morar em Joinville por pelo menos dois anos, tempo previsto para conclusão do 7º e 8º ano.

Com isso, ela terá que morar na casa de uma família que integra um projeto denominado de “Mães Sociais”, que recepcionam os aprovados de outros Estados para estudar no Bolshoi. Claro, a família tem que arcar com um custo mensal, que inclui hospedagem e alimentação.

ESCOLA DE BAILADO

Para o professor e coordenador da Escola de Bailado de Taboão da Serra, Thiago Abrazy, a aprovação da Giovanna no Bolshoi é a consolidação do trabalho realizado no local.

“Para a gente é uma coisa muito importante, principalmente porque não é a primeira aluna, é a segunda. É bacana porque sabemos que estamos no caminho certo e pelo reconhecimento que tem o Bolshoi e toda estrutura”, diz Abrazy.

ProfessorThiago Abrazy e a aluna Giovanna durante ensaio.

ProfessorThiago Abrazy e a aluna Giovanna durante ensaio.

Ele completa. “Óbvio que tem todo trabalho dela. [Mas] É a consolidação do trabalho da Escola de Bailado, meu e da Daiane [outra coordenadora] porque somos novos. Quando viemos todos viram dois moleques e achavam que a gente não daria conta do recado. A gente está começando a colher os frutos agora. Estou bem feliz”, diz.

Para o secretário de cultura, Israel Luciano, “é uma honra” ver a aluna ser aprovado no Bolshoi e “com certeza é uma prova que a Prefeitura de Taboão da Serra está investindo bem o dinheiro com o nosso bailado”.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online