Home » Política, Todas as notícias » Câmara define membros da CEI que vai investigar Cooperativa Vida Nova

Câmara define membros da CEI que vai investigar Cooperativa Vida Nova

Por Gilmar Júnior, direto da redação

Durante a primeira parte da sessão desta terça-feira (12), na Câmara Municipal de Taboão da Serra, foi anunciada a composição dos vereadores que formará a CEI (Comissão Especial de Inquérito), semelhante a uma CPI, que irá apurar possíveis irregularidades cometidas pela Cooperativa Habitacional Vida Nova, e pelo seu presidente Aprígio, no processo de desapropriação da Avenida Vida Nova realizado pela Prefeitura na gestão Evilásio Farias. O presidente da comissão será o vereador Eduardo Lopes (PSDB).

Vereadores aprovam requerimento contra esposa do ex-prefeito Evilásio Farias. (Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

(Foto: Cynthia Gonçalves / CMTS)

Além de Lopes, a comissão é composta pelos seguintes vereadores: Marco Porta (PRB), que será o relator; Carlinhos do Leme (PSDB), Joice Silva (PTB) e Ronaldo Onishi (SD) serão os demais membros. “Eu assumo com muita seriedade esta CPI. Com muita responsabilidade eu quero fazer valer a função que me foi atribuída com voto popular. Se forem comprovados os fatos, vamos recuperar esse montante que se estima em 200 milhões de reais”, discursou Lopes.

A investigação se dá em torno da desapropriação da Avenida Vida Nova, ocorrido na gestão do ex-prefeito Evilásio Farias, e que a atual administração, do prefeito Fernando Fernandes (PSDB), decidiu abrir uma Ação Civil Pública estimada em milhões de reais afirmando que houve desmembramento de área e que deveriam ter deixado uma área institucional à municipalidade de 36 mil m². O total desses 36 mil metros quadrados ultrapassa a cifras de R$ 200 milhões, segundo avaliação do governo.

A fala do vereador foi reforçada por Marco Porta, que afirmou que vai investigar a fundo o caso. “Vocês que estão acompanhando e vão acompanhar, não pensem que estamos brincando ou vamos brincar de fazer política. Convoco a imprensa para que em 48 horas, na quinta-feira, às 18h, para deliberarmos sobre esse assunto. Que essa CEI pode trazer muita luz a esses fatos”, comentou.

OPOSIÇÃO SE MANIFESTA

Os vereadores Professor Moreira (PSD) e Luzia Aprígio (PEN) se colocaram contra a atitude tomada pela bancada governista. “É uma comissão capitão gancho, só tem um olho, só a base do governo. Então venhamos e convenhamos, quero ver o Lelo (proprietário do centro educacional Ser que fica ao lado do Centro Empresarial) ser chamado aqui. Vou estar acompanhando”, diz.

Na mesma linha, a vereadora Luzia, esposa do ex-vereador Aprígio, presidente da Cooperativa Habitacional Vida Nova, criticou os governistas. “Venho a essa tribuna para pedir que a população acompanhe a CEI. Isso é uma coisa política para sujar o nome do seu Aprígio”, acusou.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online