Home » Política, Todas as notícias » Câmara realiza audiência pública para discutir a falta de médicos em Taboão

Câmara realiza audiência pública para discutir a falta de médicos em Taboão

Por Eduardo Toledo, da Assessoria de Imprensa da CMTS

Comissão de Saúde da Câmara discute a falta de médico em Taboão da Serra. (Foto: Divulgação / CMTS)

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na manhã desta quinta-feira, dia 24, a primeira audiência pública do ano para debater a necessidade da contratação de mais médicos para as Unidades Básicas de Saúde e o aumento proposto pelo prefeito Fernando Fernandes, que elevaria para R$ 60 a hora trabalhada.

Participaram da audiência pública 11 vereadores: Érica Franquini, presidente da Comissão, Joice Silva, vice-presidente, Professor Moreira, membro e além dos vereadores Cido, Marco Porta, Carlinhos do Leme, Marcos Paulo, Ronaldo Onishi, André Egydio, Luis Lune e Eduardo Lopes. A secretária de saúde, Dra. Raquel Zaicaner e o secretário de governo, Cândido Ribeiro, também participaram da reunião que foi aberta ao público e imprensa.

A presidente da Comissão, Érica Franquini, disse que durante a semana andou por todas as unidades de saúde da cidade para conhecer de perto a realidade da saúde em Taboão da Serra. “Sabemos das necessidades do aumento do salário dos médicos e não somos contra isso, mas temos que pensar em todas as categorias que fazem parte da saúde, como as enfermeiras, as auxiliares e os odontólogos”, disse.

Para a vereadora Joice Silva, membro da comissão de saúde, a audiência foi bastante positiva para que os vereadores de oposição se convençam da necessidade da contratação de mais médicos. “Hoje temos uma necessidade de cerca de 120 médicos para atender todas as unidades de saúde, temos um déficit. Atualmente na rede pública temos apenas 40 e precisamos contratar cerca de 80 a 85 profissionais de várias especialidades”, afirmou.

Segundo o vereador Cido, a audiência pública ajudou a quantificar a real necessidade da contratação de médicos, além de melhorar o atendimento nas unidades de Pronto Atendimento, principalmente na PS da Antena. “Hoje temos um serviço caro e de má qualidade que custa R$ 34 milhões por ano para o município. Mesmo com esse gasto absurdo, o atendimento ainda é ruim. O prefeito Fernando Fernandes está buscando uma solução para isso e tenho certeza que a saúde vai melhorar em pouco tempo, mas precisamos ajudar a aprovar as leis”.

A secretaria de Saúde, Raquel Zaicaner, parabenizou a Câmara Municipal pela realização da audiência pública e disse que tem certeza que os vereadores estão sensibilizados e vão ajudar a construir a saúde de Taboão da Serra junto com a secretaria. “Hoje o aumento que o prefeito propõe não garante que não teremos problemas daqui a três ou seis meses. Outros municípios já estão oferecendo pisos salariais maiores. Esse assunto vai voltar à pauta outras vezes. Mas acredito que os vereadores entenderam que essa não é uma questão partidária”, disse.

A Câmara Municipal irá votar o projeto de aumento no salário dos médicos na primeira sessão ordinária no ano, marcada para o dia 5 de fevereiro, após o recesso parlamentar.

6 Responses

  1. Allan disse:

    Enquanto voces respiram aumento para os médico,não que eles nao mereçam, mas antes porque não pressionam o Prefeito para pagar as recisões dos exonerados? como podem sabendo que o pessoal que trabalhou anos hoje passem por essa situação sem que voces tomem nenhuma atitude. Não só ele, como voces tambem irão ter a resposta disso nas urnas, porque estão sendo coniventes com a situação e nada fazem, já estão vendidos? vereador é para fiscalizar o Prefeito, não se esqueçam que quatro anos passam rapidinho.

  2. Allan disse:

    Enquanto voces respiram aumento para os médico,não que eles nao mereçam, mas antes porque não pressionam o Prefeito para pagar as exonerações dos exonerados? como podem sabendo que o pessoal que trabalhou anos hoje passem por essa situação sem que voces tomem nenhuma atitude. Não só ele, como voces tambem irão ter a resposta disso nas urnas, porque estão sendo coniventes com a situação e nada fazem, já estão vendidos? vereador é para fiscalizar o Prefeito, não se esqueçam que quatro anos passam rapidinho.

  3. Allan disse:

    Leiam RESCISÕES DO EXONERADOS.

  4. Allan disse:

    Enquanto voces respiram aumento para os médico, porque não pressionam o Prefeito para pagar as exonerações dos exonerados? como podem sabendo que o pessoal que trabalhou anos hoje passem por essa situação sem que voces tomem nenhuma atitude. Não só ele, como voces tambem irão ter a resposta disso nas urnas, porque estão sendo coniventes com a situação e nada fazem, já estão vendidos? vereador é para fiscalizar o Prefeito, não se esqueçam que quatro anos passam rapidinho.

  5. estou muito indgnado com isso enquato se debate este problema as pessoas estao morendo nos posto de saude e protos socorros precisando de atendimento mas tem uma soluçao e seguestrar os bens de todos que garfaram nossos imposto e dar aumento para esses proficionais que sao tao importante para a populaçao para cima deles prefeito que deram um rombo ai.

  6. Ana disse:

    E OS OUTROS SERVIDORES, COMO POR EXEMPLO ASSISTENTES ADMINISTRATIVOS, QUE SÃO O BRAÇO DIREITO DE TODAS AS SECRETARIAS?? GANHAM R$ 1.000 E AINDA SÃO OBRIGADOS A ARCAR COM DESPEAS COMO VALE TRANSPORTE E REFEIÇÃO – POIS A PREFEITURA NÃO PAGA BENEFÍCIOS CONSTITUCIONAIS TÃO BÁSICOS A ESTE TIPO DE SERVIDOR, QUE TAMBÉM NÃO TEM PLANO DE CARREIRA, POIS ESSES, SÃO OCUPADOS POR LIVRE NOMEADOS PARAQUEDISTAS, MUITOS SEM QUALIFICAÇÃO.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online