Home » Política, Sociedade, Todas as notícias » Canalização do Córrego Poá termina até 30 de abril, diz prefeito Fernando aos moradores da região central em reunião

Canalização do Córrego Poá termina até 30 de abril, diz prefeito Fernando aos moradores da região central em reunião

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção

Os moradores da região central que sofreram com as repetidas enchentes nos últimos meses foram recebidos na última quarta-feira (2) pelo prefeito Fernando Fernandes (PSDB) para discutir o andamento e o prazo de finalização da canalização do Córrego Poá. Eles saíram satisfeitos com as informações que receberam e com a promessa de finalização da obra até o dia 30 de abril

Moradores da região central participam de reunião com prefeito Fernando Fernandes a respeito da canalização do Córrego Poá. (Foto: Divulgação)

Moradores da região central participam de reunião com prefeito Fernando Fernandes a respeito da canalização do Córrego Poá. (Foto: Divulgação)

Ao lado do secretário de obras, Rogério Balzano, que foi detalhando o andamento da obra e tirando as dúvidas dos moradores, o prefeito Fernando criticou o fato da obra ter começado de forma invertida e alegou que as desapropriações saíram apenas na primeira semana de fevereiro.

“Obra de canalização faz da onde o rio deságua para aonde ele começa. Não de trás para frente. No projeto original [aprovado na gestão Evilásio Farias] havia 18 desapropriações e nenhuma dessas tinham começado a dar entrada no Fórum para que o processo pudesse andar. Mudamos o projeto, diminuímos o número de desapropriações para seis”, diz o prefeito.

Canalização do Córrego Poá é retomada na região central.

Canalização do Córrego Poá é retomada na região central.

Ele também explicou como está sendo feito “um canal paralelo [tunnel liner] que vai desaguar direto no Córrego Pirajuçara [já em São Paulo]”, completou. Na reunião também foi alertado sobre a necessidade que a Prefeitura de São Paulo faça limpezas constantes no córrego para manter a vasão.

O comerciante José Alves Filho foi um dos participantes da reunião e conversou com o Taboão em Foco. “As conclusões foram excelentes porque nós não tínhamos, por exemplo, acesso ao valor da obra, não tínhamos informação a respeito do término da obra e hoje já temos uma visão maior e que a obra é para o dia 30 de Abril”, afirma.

Ele também ressalta que apenas em 2017 será possível ter “uma radiografia melhor” já que está terminando o período de chuvas e elas voltam com mais força nos meses de janeiro a março do ano que vem.

Horas mais tarde, o prefeito também recebeu outra comissão de moradores de uma travessa da Rua das Camélias, que também estão sofrendo com as enchentes.

Na reunião também participaram o vice-prefeito Laércio Lopes, a vereadora Joice Silva, a secretária de assistência social, Arlete Silva, e o secretário de comunicação Daniel Sá.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online