Home » Todas as notícias » Câncer: prevenir é sempre melhor

Câncer: prevenir é sempre melhor

Por Dr. Anderson Mendes de Vasconcellos, médico  oncologista

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo e não é à toa que só o nome da doença já faz com que muitos nem leiam essa matéria. Só quem já enfrentou a doença sabe que, prevenir o câncer é sem dúvidas a melhor opção e frequentemente é a única forma de salvar a própria vida.

Mas você já ouviu alguém com câncer falar: “Sempre fiz os meus exames preventivos de forma regular e agora estou com câncer, não adianta de nada fazer exames?”

prevencao cancer_sboc

O que acontece é que: os exames chamados popularmente de “preventivos”, na verdade não servem para prevenir o câncer, mas sim para diagnosticar o câncer no começo da doença, aumentando as chances de cura. A mamografia, exame do PSA e o Papanicolau são exemplos deste tipo de exame e evitam muitas mortes relacionadas ao câncer, sendo por isso tão importante fazermos regularmente.

E EVITAR que um câncer apareça, é possível?

Felizmente já é possível evitar alguns tipos de cânceres. O câncer está relacionado a hábitos de vida e de alimentação não saudáveis, frequentemente associados a uma pré-disposição genética. A partir de uma avaliação médica completa de tudo isso, pode-se traçar estratégias personalizadas para evitar o problema.

Veja abaixo alguns comportamentos que ajudam a evitar o câncer:

  1. Mantenha seu peso dentro do adequado;
  2. Consuma carnes vermelhas, gorduras e açúcares de forma moderada e ingira frutas e verduras diariamente;
  3. Pratique exercícios físicos regulares;
  4. Não fume;
  5. Use de preservativos em relações sexuais;
  6. Vacine-se contra o HPV;
  7. Cuidado com o excesso de sol, use filtro solar regularmente;
  8. Fique atento ao seu corpo. Qualquer alteração não comum como caroço, manchas ou outros sinais, procure um médico.

Arte Cancer_divulgaA realização de exames genéticos para identificar a pré-disposição para o câncer é a estratégia mais recomendada para pessoas que possuam casos de câncer na família.  Estes testes tem se tornado cada vez mais simples e com o custo cada vez mais acessível.

A atriz americana Angelina Jolie é um exemplo de como estes exames podem salvar uma vida. Após identificar por meio de exame genético a presença de genes que tornavam praticamente certo o desenvolvimento de um câncer de mama, ela optou por realizar uma cirurgia para retirar as mamas e evitar assim o câncer. No entanto, nem todas as alterações genéticas requerem uma cirurgia para evitar a doença. Dependendo do local provável do câncer, já existem medicamentos indicados para se evitar o desenvolvimento da doença.

Portanto, fica aqui a dica: tenha uma vida saudável e se você tem casos de câncer na família, faça uma avaliação genética e converse com seu médico sobre os cuidados que você deve ter. Afinal, prevenir é sempre melhor!

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online