Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » CATS empata e deixa escapar classificação antecipada na Quarta Divisão

CATS empata e deixa escapar classificação antecipada na Quarta Divisão

Por Gilmar Júnior, no Jardim Maria Rosa

O Clube Atlético Taboão da Serra não conseguiu somar três pontos em casa na partida realizada na tarde deste sábado (1º) realizada em Taboão da Serra. Apesar de o placar ter terminado em 0 a 0 em confronto com o Mauaense, o jogo foi de total domínio do CATS, principalmente no segundo tempo, quando a equipe visitante jogou com dois jogadores a menos devido a expulsões. Porém, sem conseguir aproveitar as chances que teve, principalmente devido as boas defesas do goleiro Edvando, o CATS fecha a 16ª rodada na terceira colocação e continua dependendo exclusivamente de suas forças para chegar a próxima fase.

Taboao e Mauaense pela Quarta Divisao

As boas chances do CATS começaram nos primeiros minutos de jogo. Viola, Renan e Leandrinho tiveram chances reais de gol, mas não contavam com as boas defesas de Edvando que salvou a equipe em pelo menos duas oportunidades, sendo uma, em um chute cara a cara com o atacante Renan. Já o Mauaense jogou recuando e apostava em contra ataques e bolas paradas para criar suas chances de gols. Em uma delas – a única do jogo – quase abriu o placar após cobrança de escanteio.

Na volta do intervalo, logo aos 5 minutos, o atacante Marreta recebeu cartão amarelo por reclamação e na sequência aplaudiu ironicamente o árbitro que mostrou o segundo amarelo e o cartão vermelho. Com um jogador a mais a pressão do Taboão cresceu e as chances de perigo ao gol do time do ABC Paulista aumentaram. Foram, pelo menos, quatro boas chances que o Taboão não conseguiu aproveitar. Em três delas Edvando foi o responsável pelas defesas.  O time visitante ainda teve outro jogador expulso por reclamação, o capitão Jeferson.

Com dois a menos e um ponto garantido na conta, o goleiro Edvando foi o mais cumprimentado pelos companheiros de clube após o apito final. “O empate fora de casa foi ótimo. Com dois jogadores a menos, suportamos a pressão e saímos com o resultado positivo”, comentou o goleiro.

Já para Viola, ao contrário de Edvando, o resultado foi encarado como uma derrota. “Dentro de casa, com o jogo na mão, a gente tem que matar. Não é o Viola ou o lateral fazer o gol. Qualquer um que faz gol resolve o problema”, reclama o atacante que é o artilheiro do CATS na competição.

“ESSA FOI A MINHA PRIMEIRA DERROTA”

Apesar de chegar ao seu sexto jogo no CATS e contar com um retrospecto de quatro vitórias e dois empates, o treinador invicto Thiago Oliveira se diz insatisfeito com o resultado. “Considero esse jogo como a minha primeira derrota. Criamos de oito a dez chances de gols reais. Mas com uma vitória classificamos. Agora temos que ir para Guarulhos tentar o resultado. Mas para quem saiu de um oitavo lugar para uma terceira colocação está de parabéns”, concluiu Oliveira.

CONFUSÃO GENERALIZADA

Assim que acabou o jogo, houve uma confusão no vestiário da equipe visitante. Sem maiores informações, equipes trocavam acusações de agressão e pedidos para que o juiz assinalasse em súmula. A equipe do Mauaense afirmava que torcedores do CATS invadiram o vestiário, já pelo lado do CATS a acusação era a de que os visitantes quebraram o vestiário.

PRÓXIMO ADVERSÁRIO

O CATS vai a Guarulhos enfrentar o A.D.Guarulhos que tem poucas chances de classificação para a próxima fase. Mas precisando de uma vitória para confirmar a classificação, o CATS enfrenta o adversário no próximo sábado às 15h. Já o Mauaense no domingo (9) vai enfrentar, fora de casa, o Jabaquara, às 10h.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online