Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » CATS perde em casa e sai da zona de classificação para a segunda fase

CATS perde em casa e sai da zona de classificação para a segunda fase

Por Gilmar Junior, do estádio Vereador José Ferez, no Maria Rosa

O Clube Atlético Taboão da Serra enfrentou o Desportivo Brasil na tarde deste sábado (7) e perdeu a primeira partida em casa no ano, válida pela quarta rodada da quarta divisão do Campeonato Paulista de Futebol. Com dois gols de Ailton e um de Anderson, o Desportivo Brasil venceu pelo placar de 3 a 0 e chegou a oito pontos na competição, enquanto o CATS estacionou nos quatro pontos.

O JOGO

Ao contrário do último jogo disputado sob forte sol, o clima em Taboão da Serra era frio e chuvoso.  Por coincidência, ou não, a equipe taboanense não conseguia ter efetividade nas chances de gol criadas durante os noventa minutos. A principal chance de gol foi um pênalti desperdiçado por Lucas Bocão no segundo tempo.

20160507_145719

CATS perde em casa para o Desportivo Brasil (Foto: Taboão em Foco)

O Desportivo Brasil demonstrou sua postura ofensiva desde o começo do jogo e chegou com perigo logo aos 3 minutos de jogo. O CATS respondeu com dois chutes de longa distância, primeiro com Dudu e segundo com Lucas Barreto, mas sem real perigo ao goleiro Renan. No fim do primeiro tempo, Edilson Capetinha teve boa chance, mas foi parado pelo goleiro adversário.

E se o CATS não conseguiu abrir o placar, ficou a cargo do atacante Ailton deixar o dele. Após o zagueiro afastar, Lucas Bocão, do CATS, disputou a bola pelo ar, caiu no chão pedindo falta, o juiz não deu, e no decorrer do lance, o lateral Luis Guilherme lançou Ailton que com um leve toque tirou do goleiro Luis Carlos. “Nossa equipe é bem ciente das dificuldades que a divisão tem. Consegui ajudar a equipe com os gols, graças a Deus Papai do Céu abençoou”, Ailton.

No segundo tempo

Na volta do intervalo, o CATS voltou melhor que o segundo tempo, mas as finalizações não encontravam a baliza defendida pelo Desportivo Brasil. Porém, o CATS chegou perto, em jogada de inteligência de Edilson Capetinha, que bateu a falta rápido, Lucas Barreto cruzou na área e o zagueiro Wellington cabeceou sobre a meta adversária. Aos 15 minutos, o Taboão empregou uma “blitz”, o CATS tentou com Edilson e Lucas Barreto, mas foram parados pela defesa do Desportivo Brasil.

Quando a equipe adversária, que tem sede em Porto Feliz, interior de São Paulo, viu que estava acuada na defesa, o plano inicial de voltar a ter um time ofensivo foi retomado. Em cobrança de bola parada, Ailton aproveitou o cruzamento e de cabeça venceu o goleiro Luis. Logo após o gol, o atacante sentiu uma lesão e foi substituído por Anderson, que também deixou sua marca concretizando o placar final de 3 a 0.

Fantasma do pênalti perdido

Quando a partida estava 2 a 0, o CATS teve um pênalti marcado a seu favor. Neste momento, a dúvida tomou conta, já que na última partida em casa, Edilson Capetinha desperdiçou uma cobrança. O volante Lucas Bocão pegou a bola e ajeitou na marca do pênalti. O camisa 8 foi para a bola, chutou no canto direito do goleiro que vou o defendeu a meta. Logo após o segundo pênalti errado, Edilson Capetinha foi vaiado pela torcida e chamado de “pipoqueiro”.

Coube ao meia Diego Iatecola explicar o que aconteceu com o CATS na partida. “Criamos oportunidades o jogo inteiro, mas infelizmente a bola não está entrando, pênalti erramos e não está saindo nas duas últimas partidas”, explicou o meia, que ainda comentou que o Taboão da Serra tem que melhorar a finalização para o próximo jogo.

Próximos compromissos

Para buscar novamente uma das quatro primeiras colocações que dão vaga para a segunda fase, o CATS vai medir forças contra o Barcelona Esportivo na rua Javari, no domingo às 15h. Também às 15h, mas no sábado, o Desportivo Brasil recebe, em Porto Feliz, a equipe do Diadema.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online