Home » Sociedade, Todas as notícias » Coletores de lixo de Taboão trabalham em S.J. dos Campos durante greve; Prefeitura e Estre explicam

Coletores de lixo de Taboão trabalham em S.J. dos Campos durante greve; Prefeitura e Estre explicam

Por Gilmar Júnior, da redação

No último dia 23 de agosto de 2015, uma moradora de São José dos Campos postou uma foto no Facebook de uma equipe de coleta de lixo trabalhando na cidade. Até aí estaria tudo bem. Só que um fato chamou a atenção: os trabalhadores estavam fardados com a vestimenta dos coletores de Taboão da Serra. Mas então, o que faziam ali os coletores taboanenses?

Moradora de São José dos Campos flagra garis com uniformes de Taboão da Serra recolhendo o lixo em sua cidade. (Foto: Reprodução)

Moradora de São José dos Campos flagra garis com uniformes de Taboão da Serra recolhendo o lixo em sua cidade. (Foto: Reprodução)

Taboão em Foco foi atrás de respostas e descobriu que o motivo do uso de coletores de lixo em outro município ocorreu devido à transferência de alguns profissionais de Taboão no período em que São José dos Campos enfrentava uma greve de coletores. A Estre, empresa que administra a Cavo, que por sua vez presta serviços em Taboão, presta serviço por lá.

Procurada, a Prefeitura enviou a mesma nota da Estre e reforçou o comunicado dizendo que a Estre não é remunerada por funcionários, mas sim pelas toneladas de lixo coletadas.

Confira a nota da Estre (e também, da prefeitura) enviada ao Taboão em Foco.

“A Estre Ambiental, companhia controladora da Cavo, possui operações de coleta de resíduos em diversas cidades do Estado de São Paulo, entre elas São José dos Campos e Taboão da Serra.

Em função da greve de coletores na cidade de São José dos Campos – encerrada nesta segunda-feira (24) – a Estre colocou, no último domingo (23), sua equipe reserva (formada por colaboradores que atuam em diversas cidades onde a companhia e suas empresas têm operações) para realização de atendimento emergencial, procedimento que, inclusive, já foi realizado no município de Taboão, quando da greve de garis, em março.

É importante destacar que a equipe reserva é sempre formada por funcionários que estão de folga das operações de origem e que são devidamente, dentro da lei, remunerados para atuação de emergência.

O uniforme da equipe reserva é composto apenas pelo logo da Estre ou suas empresas controladas. No domingo, um equívoco fez com que alguns poucos funcionários estivessem com o uniforme errado. A Estre lamenta o ocorrido e informa que já tomou providências para que essa situação não se repita”.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online