Home » Política, Todas as notícias » Com capacidade para 290 alunos, EMI Luca é inaugurada no Saint Moritz

Com capacidade para 290 alunos, EMI Luca é inaugurada no Saint Moritz

Por Allan dos Reis, no Jardim Saint Moritz

O prefeito Fernando Fernandes (PSDB) inaugurou no sábado (11) a Escola Municipal Infantil (EMI) Luca, localizada na Rua Alecrim, no Jardim Saint Moritz. A unidade tem capacidade para atender cerca de 290 crianças com idade de 1 e seis meses a 4 anos.

A unidade tem arquitetura moderna e integrada e foi fruta de uma luta antiga, que começou com a deputada estadual Analice Fernandes e o vereador Cido, em meados de 2010.

Jardim Saint Moritz ganha a EMI Luca e vai atender 290 crianças com até 4 anos de idade.

Jardim Saint Moritz ganha a EMI Luca e vai atender 290 crianças com até 4 anos de idade.

EMI Luca fica no Jardim Saint Moritz.

EMI Luca fica no Jardim Saint Moritz.

“Não tem obra melhor, com maior significado e maior capacidade de mudar a vida das pessoas, que uma obra na educação. E construímos mais uma escola. Foi graças à gestão da deputada Analice junto ao Governo do Estado que nós conseguimos recursos, que teve a parte do Estado e a parte da Prefeitura, e conseguimos essa escola. Lá em 2009, a Analice e o [vereador] Cido pediram essa escola. A gente precisa acreditar e ir atrás e buscar recursos”, diz Fernandes.

Além da EMI Luca, a gestão do prefeito desde o início de 2013 foram construídas outras cinco unidades escolares. Em breve, uma nova será feita no Jardim Clementino.

Moradora do bairro, Alessandra Soares, foi conhecer o local onde vão estudar dois filhos. “Gostei muito e estou realizada porque meus filhos precisam estudar. Já tem um tempo que havia feito à inscrição. Acho que dois anos. E graças a Deus, devido à construção desta escola, eu consegui a vaga para dois filhos na nova unidade”, celebra.

Moradora Alessandra Soares celebra nova escola, onde vai estudar dois filhos.

Moradora Alessandra Soares celebra nova escola, onde vai estudar dois filhos.

Não tem obra melhor, obra maior, com maior significado e maior capacidade de mudar a vida das pessoas, que uma obra na educação, onde construímos mais uma escola.

Representando o legislativo, a presidente Joice Silva (PTB), desejou “muito sucesso a vocês, que iniciam essa trajetória e que possam transformar todos os dias as vidas das nossas crianças para cidadãos cada dia melhores”.

RECADO AOS PAIS

Fernandes também aproveitou o discurso para criticar os pais de alunos, que – segundo ele – acham as reuniões escolares, que ocorrem nas escolas uma chatice.

“Às vezes eu vou à escola para uma reunião e vejo pais mal-humorados porque acham que aquilo é uma chatice, ser convocado para ir à escola dos seus filhos. Gozado. Ninguém fica triste quando passa uma hora e meia em frente à televisão vendo novela. E não sou contra novela. Não vejo nenhum pai ficar triste quando passa mais de duas horas em frente à televisão vendo jogo de futebol. E eu sou apaixonado por futebol”, criticou Fernandes.

“E na hora quem vem à escola discutir a vida do filho e o futuro do seu filho, vem mal-humorado. Não pode. A criança vai ver e achar que ‘isso aqui [escola]’ é uma chatura mesmo. Então, pai e mãe precisam participar da vida da criança desde essa fase. Vocês vão ensinar aos seus filhos a estudar”, completou o prefeito.

PUXÃO DE ORELHA

Ao enaltecer a presença de secretários municipais durante a inauguração, o prefeito Fernando Fernandes criticou o vereador Marcos Paulo (PPS) por ter faltado à inauguração.

“Puxe a orelha do vereador Paulinho, viu Walter Paulo [secretário de segurança e pai do vereador], por não estar aqui presente”, citou em discurso.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentario

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online