Home » Todas as notícias » Crianças queimadas em incêndio estão internadas em estado grave; fogo começou com uma vela

Crianças queimadas em incêndio estão internadas em estado grave; fogo começou com uma vela

Por Allan dos Reis, no Jardim Maria Helena

Na noite desta quinta-feira (13), quando o relógio marcava um pouco mais que 22h, um incêndio atingiu uma residência na Rua Andradina e queimou gravemente três crianças com menos de 10 anos (duas meninas e um menino) que estavam no quarto ao fundo.

Vizinhos contaram na tarde desta sexta (14) ao Taboão em Foco que o bairro estava “como sempre” sem energia desde as 18h e a tia dos meninos colocou uma vela em cima da televisão e foi para o outro imóvel, em que ela mora e fica no mesmo terreno, alimentar dos seus dois filhos. A mãe dos feridos estava voltando do trabalho.

Televisão queimada em que estaria a vela acesa para suprir a falta de energia elétrica do bairro.

Televisão queimada em que estaria a vela acesa para suprir a falta de energia elétrica do bairro.

Foi quando, de repente, o fogo atingiu o cômodo em que elas estavam. Vizinhos se mobilizaram para tentar resgatar as crianças. Jogaram água, utilizaram extintores dos carros. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegou cerca de 40 minutos depois – segundo vizinhos – as crianças já tinham sido socorridas, mas eles conseguiram apagar o fogo.

Um dos vizinhos conta como aconteceu o resgate da última criança. “Eu estava aqui [na porta do cômodo] e o vizinho jogava água em mim porque eu não aguentava o calor e a fumaça. A gente não enxergava nada, mas o menino chorou e a gente conseguiu pegar ele”, explica Altiere da Silva. As duas meninas já haviam sido retiradas.

Assim que eram retiradas do imóvel, as crianças eram levadas ao Pronto Socorro do Antena, próxima ao local do incêndio. Em seguida, todas elas foram transferidas a hospitais maiores devido a gravidade dos ferimentos.

Móvel e roupas queimadas após incêndio no Jardim Maria Helena.

Móvel e roupas queimadas após incêndio no Jardim Maria Helena.

Abalada com o acidente, a tia prestou depoimento no 1º Distrito Policial de Taboão da Serra e aguardava notícias das crianças na casa de uma vizinha.

ESTADO GRAVE

Infelizmente as três crianças tiveram seus corpos muito queimados. Durante a tarde, João Vitor estava em um hospital de Franco da Rocha com ferimentos graves, especialmente na cabeça, e aguardava, segundo um familiar, vaga para pediatria de queimados em hospital do Estado.

A sua irmã, Jamile, teve mais de 80% do corpo queimado e o seu estado de saúde também era muito grave. A outra, Jasmim, não conseguimos informações sobre os ferimentos.

Pelas redes sociais, o Corpo de Bombeiros chegou a anunciar que cinco pessoas teriam ficado feridas, mas duas crianças não tiveram qualquer ferimento porque estavam na outra residência.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online