Home » Política, Todas as notícias » “É impossível que isso aconteça”, diz vereadora Érica a respeito de denúncia de reuso de seringas

“É impossível que isso aconteça”, diz vereadora Érica a respeito de denúncia de reuso de seringas

Por Gilmar Júnior, no Jardim Helena

O principal assunto discutido durante a sessão ordinária realizada nesta terça-feira (18) na Câmara foi a denúncia a respeito de uma suposta reutilização de seringas na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Akira Tada feita pela Rede Record, conforme informada pelo Taboão em Foco. Eleita em Taboão da Serra sob o apelido de “Érica da Enfermagem”, a vereadora defendeu a classe dos enfermeiros e até chegou a solicitar um ato de repúdio contra o jornalista da Record, Reinaldo Gottino.

Conforme revelou a reportagem, que traz uma entrevista com uma mulher que se diz enfermeira da unidade de saúde, o hospital estaria com defasagem de equipamentos de trabalho, tendo que fazer o reuso das seringas.“Fui a UPA e vi minhas colegas. Aliás, na gravação que eu vi em nenhum momento ela, enfermeira, disse que iria reutilizar seringa. Isso é impossível. Quero deixar bem claro, que não tem como reutilizar”, afirmou a vereadora Érica Franquini (PSDB).

Seringas apresentadas pela vereadora Érica durante sessão na Câmara.

Seringas apresentadas pela vereadora Érica durante sessão na Câmara.

Para embasar sua argumentação, Érica trouxe duas seringas para exemplificar que não seria possível usar duas vezes a mesma seringa, já que o modelo que possui agulha se quebra logo após o uso, tornando impossível a reutilização. “Trouxe para vocês verem. Vai de encontro com o nosso juramento”, discursou a vereadora exibindo na outra mão o juramento do enfermeiro.

A vereadora Luzia Aprígio (PSB) foi a primeira, da oposição, a subir à tribuna, como um aparte em discurso da vereadora Érica e pediu que as denúncias sejam investigadas. “Essas denúncias que estão vindo aí deveriam ser apuradas. Vamos abrir uma CEI. Abrindo a CEI vamos averiguar se falta remédio. Ver o que acontece lá. O que importa é a população”, falou.

Em resposta, Érica destacou a ausência da vereadora Luzia na audiência da saúde realizada na sexta-feira (14) na Câmara Municipal com a secretária de saúde Raquel Zacainer e o representante da SPDM, que gere os prontos socorros, Jorge Salomão.

One Response

  1. Gomes disse:

    Essa seringa que a nobre vereadora está apresentando nem é padronizada na rede, apareceu agora, que absurdo.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online