Home » Sociedade, Todas as notícias » “É para salvar vidas”, explica PRF sobre obrigatoriedade do farol baixo durante o dia nas rodovias

“É para salvar vidas”, explica PRF sobre obrigatoriedade do farol baixo durante o dia nas rodovias

Por Gilmar Junior, da redação do Taboão em Foco

Começa na próxima sexta-feira (8) a valer a medida punitiva para quem não utilizar o farol baixo nas rodovias brasileiras durante o dia. Para entender melhor os motivos que levaram a essa nova lei, o Taboão em Foco ouviu o chefe da 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de São Paulo, Ricardo de Oliveira, que comentou sobre o caso.

Carros na Rodovia Regis Bittencourt

No último dia 24, o presidente interino Michel Temer alterou artigos do Código de Trânsito Brasileiro tonando obrigatório o uso de farol baixo em rodovias durante o dia. Manter os faróis acesos em luz baixa durante o dia já era medida obrigatória a ônibus, ao circularem em faixas próprias, e às motos. O condutor que não mantiver o farol baixo ligado em rodovias cometerá infração média, poderá ser autuado e receber quatro pontos na habilitação, além de multa de R$ 85,13.

“É uma medida para salvar vidas. Os veículos pequenos tendem a se confundir com a paisagem. A partir do momento que esse veículo passa a transitar de longe, com o farol acesso ele passa a ser notado com mais facilidade”, explicou Oliveira. O policial comentou que essa medida visa diminuir o número de colisões frontais e por consequência, os atropelamentos.

Apesar da medida começar a valer só na sexta-feira, Oliveira comenta que a PRF está orientando os motoristas da nova medida e que, a pedido da PRF, a Autopista, concessionária que administra a Régis Bittencourt, está colocando faixas e exibindo nos painéis informativos a nova lei que passa a valer na sexta-feira.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online