Home » Política, Todas as notícias » Eletropaulo ignora convite e não participa de audiência na Câmara para discutir a falta de energia em Taboão

Eletropaulo ignora convite e não participa de audiência na Câmara para discutir a falta de energia em Taboão

Por Williana Lascaleia, no Jardim Maria Rosa

A audiência pública da Comissão de Finanças e Orçamento na Câmara de Taboão da Serra para discutir as constantes quedas no fornecimento de energia no município ficou esvaziada na manhã desta quinta-feira, dia 10, porque a concessionária AES Eletropaulo, responsável pelo serviço, não compareceu mesmo sendo convidada pelos vereadores.

A vereadora Joice Silva (PTB) criticou a falta de respeito que a Eletropaulo tem com a população e reclamou da ausência deles na audiência. “A Eletropaulo mostra desrespeito perante a população e ao poder legislativo desta cidade. Não tiveram a consideração de mandar um ofício para avisar que ninguém viria nos prestar informações. Se uma empresa como esta não tem respeito com o poder público desta cidade, imagina com a população”, criticou.

Vereadores de Taboão da Serra discutem as constantes interrupções no fornecimento de energia no município.

Vereadores de Taboão da Serra discutem as constantes interrupções no fornecimento de energia no município.

O vereador Cido (DEM), presidente da comissão, não poupou críticas a empresa. “A Eletropaulo presta um péssimo serviço e se acha acima do poder legislativo. Ela não atende a uma solicitação. Não se manifesta se virá ou não. Além de ter uma taxa caríssima, uma tarifa abusiva, ela ainda nos envergonha. Nós queríamos esclarecimentos sobre esta tarifa que é paga. Ela não vem aqui pra dizer se faz investimento ou não”, reclamou.

Em nota encaminha ao Taboão em Foco, a empresa alega que a “área de Poder Público não recebeu ofício, ou qualquer outro contato, para comparecer à sessão da Câmara Municipal de Taboão da Serra”. Porém, um ofício da Câmara foi protocolado na sede da empresa no dia 26 de março.

A vereadora Luzia Aprígio (PSB) ressaltou que o Jardim Maria Helena é um dos bairros que mais sofrem com a falta de energia. A vereadora Érica Fraquini (PDT) disse que se tiver disponível outras empresas para fornecer o mesmo serviço tem seu apoio.

Cido promete que vai enviar oficio ao Ministério Público, a Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (ARSESP)  a Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da Assembléia Legislativa de São Paulo e a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados para exigir providencias nos serviços prestados a população de Taboão.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online