Home » Todas as notícias » Ensaios da Paixão de Cristo estão a todo vapor e encenação de Taboão da Serra terá novo Jesus

Ensaios da Paixão de Cristo estão a todo vapor e encenação de Taboão da Serra terá novo Jesus

Por Aline Barizi, no Centro*

A peça que é produzida em Taboão da Serra antes mesmo da emancipação do município chega a sua 61ª edição e acontece no dia 14 de abril, sexta-feira da paixão. Os ensaios estão a todo vapor desde o início do ano e vai apresentar ao público atores veteranos e novas caras.

No papel de Jesus, ator Washigton ensaia no Cemur. (Foto: Wladimir Raeder / Divulgação)

No papel de Jesus, ator Washigton ensaia no Cemur. (Foto: Wladimir Raeder / Divulgação)

Neste ano, o destaque se dá para Washington dos Santos Gabriel, que interpreta Jesus Cristo na adaptação pela primeira vez. Apesar de formado em comédia, recentemente ele decidiu fazer dramas, o que o aproximou do papel que vai interpretar na Paixão de Cristo: “Eu tenho que suprir as duas necessidades, tanto como profissional do teatro e também como uma figura religiosa muito forte. Tenho que estar 100%”.

É necessário dar ênfase a todo o trabalho da equipe que está por trás da apresentação: são cerca de 120 pessoas trabalhando para que tudo dê certo, como a figurinista Maria Aparecida Ribeiro, que trabalha na peça há 11 anos, além dos moradores do município de Taboão. Todos os 12 apóstolos são interpretados por pessoas envolvidas com o trabalho de acolhimento do Santuário de Santa Terezinha. Há também pessoas de Embu das Artes e São Paulo envolvidas.

Zé Maria é um dos responsáveis pela montagem da Paixão de Cristo de 2017. (Foto: Wladimir Raeder / Divulgação)

Zé Maria é um dos responsáveis pela montagem da Paixão de Cristo de 2017. (Foto: Wladimir Raeder / Divulgação)

A atração conta com a volta do diretor Valter da Costa e do produtor artístico Zé Maria. Ambos já realizaram participações no desenvolvimento do show, que esse ano chega com surpresas e novidades, como uma nova trilha sonora e telão. “Estamos fazendo esse trabalho para resgatar o público”, contou Zé Maria. A peça já chegou a ser exibida para cerca de 20.000 pessoas.

ESTRUTURA

O palco em frente ao Parque das Hortênsias já começou a ser montado e deve ficar pronto com bastante antecedência para realização de ensaios no local da apresentação. Pelo segundo ano consecutivo, a peça está limitada a espaço em frente ao parque.

Nos anos anteriores, após Judas trair Jesus, ele era obrigado a carregar sua cruz por mais de 1 km até o Morro do Cristo, localizado no bairro do Santa Luzia, quase divisa com São Paulo.

* colaborou Allan dos Reis

* Texto alterado às 16h45 do dia 28 de março para correção do nome do diretor

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online