Home » Sociedade, Todas as notícias » Escola municipal de Taboão supera meta, estadual só evolui no 9º ano, aponta Ideb

Escola municipal de Taboão supera meta, estadual só evolui no 9º ano, aponta Ideb

Adilson Oliveira, no Centro de Taboão da Serra

A rede de escolas municipais de Taboão da Serra superou a meta de aprendizagem para 2011 no ensino fundamental. No ciclo inicial, até 4ª série ou 5º ano, o município precisava de Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de 5,3 e teve 5,5, superior ao do Estado (5,4) e país (5,0). Das 21 unidades matidas pela prefeitura, duas atingiram a nota estipulada e 14 ainda cravaram desempenho acima da marca projetada (76%).

Escola municipal Heitor Villa Lobos, no Jardim Kuabara (região do Pazzini), ultrapassa meta no Ideb e tira nota 6,4

A primeira no Ideb nos primeiros anos do fundamental é a Emef Heitor Villa Lobos, na região do Pazzini, que buscava 6,1 e obteve 6,4, já além do objetivo para 2013 (6,3) – ocupa o 562º lugar entre 5.364 escolas avaliadas no Estado e 2.296º entre 30.320 no país. Antes segunda, a unidade ultrapassou a Emef Profª Maria Alice Borges Ghion, no Parque Pinheiros, que teve 6,3 no Ideb de 2009 e caiu para 6,2, mas já está no nível para 2013.

O resultado negativo, porém, é que quatro escolas não atingiram a meta estabelecida. Na avaliação de 2009, foi apenas uma, a Emef Maria José Luizetto Buscarini, no Jardim São Judas, que se recuperou – uma das que atingiram índice mínimo (5,3, evolução de 10% ante 4,8). Nos anos finais do ensino básico (8ª série ou 9º ano), Taboão teve Ideb de 5,1 (média de duas escolas avaliadas entre três Emef’s), superior à meta de 4,7.

Já o ensino fundamental em Taboão mantido pela rede estadual ficou estagnado nos anos iniciais (4ª série ou 5º ano), com nota de 5,3, a projetada para 2011, mas no mesmo patamar de 2009. Das oito escolas estaduais de ciclo 1 na cidade, a metade não atingiu o Ideb que tinha como meta. A melhor é a EE Antonio Inácio Maciel, no Jardim Maria Rosa, que teve crescimento de 13% e já atingiu o projetado apenas para 2019 – índice 6.

O conjunto das estaduais nos anos finais em Taboão, por sua vez, teve melhora razoável. Em crescimento de quase 10%, atingiu Ideb de 4,5, acima do objetivo de 4,3. Mas a evolução não foi homogênea. Das 26 escolas, oito (30%) não atingiram nota mínima, quase o mesmo de 2009, quando foram nove. A EE Domingos Mignoni (centro), a primeira, obteve Ideb de 5,9, acima já da meta para 2013. É a 56ª melhor no Estado e 227ª, no país.
e


* Os resultados marcados em verde se referem às escolas que atingiram o Ideb projetado

2 Responses

  1. larissa disse:

    essa escola e otima .

  2. Com esses números, trazer de volta o F.F. seria suicídio. Seria jogar fora tudo de bom que foi feito nesses últimos 8 anos.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online