Home » Sociedade, Todas as notícias » Estudantes de Taboão exigem mais policiamento e benfeitorias da prefeitura ao redor das escolas

Estudantes de Taboão exigem mais policiamento e benfeitorias da prefeitura ao redor das escolas

Por Allan dos Reis, no Jardim Maria Rosa

Com faixas alertando para o problema da falta de segurança, alunos e professores da Escola Estadual Edgard Francisco, localizada no Jardim Guaciara, foram até a Câmara Municipal de Taboão da Serra na noite de terça-feira, dia 18, cobrar e pedir ajuda aos vereadores para que as escolas possam ter mais segurança durante o horário de estudo, principalmente na entrada e saída dos estudantes.

Em uma carta de reivindicações, o Comitê Contra a Violência, criado após uma série de arrastões na porta da escola, pede mais iluminação, poda de árvores, recapeamento e presença da Guarda Civil Municipal (GCM). Eles já haviam cobrado a presença da Polícia Militar em manifestação no início deste mês.

Estudantes de Taboão da Serra exibem na Câmara faixa e cartazes em que exigem segurança na porta das escolas

“A gente só quer mais segurança para poder estudar”, disse um grupo de alunos enquanto conversava com os vereadores, que aprovaram dois requerimentos pedindo providências à prefeitura e à Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Governo do Estado de São Paulo, responsável pelo policiamento.

A aluna do 2º ano do ensino médio Bianka disse que após a primeira manifestação a PM intensificou o policiamento. “Agora tem ronda na entrada e na saída, mas continuam acontecendo roubos nas ruas próximas”, revelou. É o que também diz Elizabeth Rosa, mãe de um aluno do período noturno. “Eles [Polícia Militar] começaram a colocar policiamento, mas de forma esporádica”, afirmou.

Em maio, Alckmin disse que o 2º DP no Pirajuçara poderia ser inaugurado em outubro, mas promessa não deve ser cumprida

Apesar do grande número de roubos e furtos na região do Pirajuçara, grande parte dessas ocorrências não chega ao conhecimento da polícia porque não são feitos os boletins de ocorrências, já que as vítimas têm que se descolar até a região central para ir ao único distrito policial do município, enquanto o 2º DP não é construído, apesar de existir no papel desde 2006.

Em visita ao município em maio deste ano, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu criar logo o 2º DP, na região do Pirajuçara, mas até agora nada foi feito. Era só encontrar um imóvel para alugar e adaptar.

“Vamos fazer em Taboão da Serra o 2º distrito policial. Já estamos procurando prédio. Não vamos perder tempo em ficar construindo porque demora muito. Estamos procurando prédio para alugar e adaptar. (…) Se a gente conseguir um prédio rapidamente em setembro ou outubro, já pode estar funcionando”, disse Alckmin.

Apesar de obrigação do Estado, a administração municipal poderia ajudar – e muito – no combate à criminalidade. Parte das exigências está colocada no documento apresentado pelos estudantes. Uma outra importante ajuda vem através do monitoramento eletrônico das principais vias do município, que em Taboão existe desde 2009, mas que não funciona de forma adequada há mais de um ano.

A reportagem do Taboão em Foco encaminhou e-mail à prefeitura de Taboão da Serra para saber quais providências serão tomadas ao redor da escola, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online