Home » Política, Todas as notícias » “Eu acho uma boa o Paulo Félix vir para o grupo”, diz Fernando Fernandes

“Eu acho uma boa o Paulo Félix vir para o grupo”, diz Fernando Fernandes

Por Allan dos Reis, no Parque Assunção

O prefeito Fernando Fernandes (PSDB) afirmou com exclusividade ao Taboão em Foco que vai se encontrar nesta semana com o ex-vereador e líder do MST, Paulo Félix, para discutir a sua reaproximação com o governo. Nos últimos três anos, Félix foi um dos principais críticos da atual gestão.

“A gente deve sentar e conversar ainda nesta semana. Eu acho uma boa o Paulo Félix vir para o grupo, mas ainda temos que ver em quais condições. Preciso saber também como serei recebido pelo grupo dele”, diz Fernandes.

Lider do MST Paulo Felix_Mar15

Paulo Félix está prestes a aderir ao governo Fernando Fernandes

No meio político especulam que Félix assumiria a secretaria de habitação, mas o prefeito fez questão de dizer que não há nenhum tipo de acerto. “Tem que ficar claro que se houver é um acerto político. Não pode ficar a impressão que ele está se vendendo e nem que eu estou comprando”, completou.

Porém, um dos principais acordos está na coligação que a sua esposa Cida Félix terá. Nas eleições de 2012, ela teve mais votos que nove vereadores, mas estava em uma coligação ruim e não foi eleita.

Ex-vereador e líder do MST Paulo Félix discursa contra o fechamento do antigo Pronto Socorro. (Foto: Arquivo)

Ex-vereador e líder do MST Paulo Félix discursa contra o fechamento do antigo Pronto Socorro. (Foto: Arquivo)

Em 2014, Félix chegou a afirma que “não aceitaria” participar de uma gestão que fechou o antigo PS Akira Tada, que hoje abriga o Centro de Especialidades. Ele chegou a realizar diversas manifestações para pedir a reabertura. Fernandes, por sua vez, acusava o ex-vereador de utilizar o movimento por questões políticas e as “pessoas eram obrigadas a participar” ou eram excluídas do MST.

Questionado a respeito das ofensas pessoais, o prefeito foi taxativo. “As questões pessoais foram superadas. E se eu superei, meu grupo vai superar”, encerrou.

EX-ALIADO

Até poucos dias, Félix era um dos principais colaboradores da pré-campanha de José Aprígio, que – por telefone – afirma que não conversou com ele a respeito da sua saída. “O Paulo estava ajudando. Ele disse que tinha uma reunião com o prefeito para falar da isenção do IPTU para as moradias populares. Mas na política, tudo é possível. Por enquanto ele não me disse nada”, informou.

O Taboão em Foco não conseguiu contato com Paulo Félix para comentar a respeito do seu futuro político.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online