Home » Política, Todas as notícias » Evento no Cemur celebra os 11 anos da Lei Maria da Penha e a luta contra a violência doméstica

Evento no Cemur celebra os 11 anos da Lei Maria da Penha e a luta contra a violência doméstica

Por Allan dos Reis, no Centro

Em celebração aos 11 anos da criação da Lei Maria da Penha, a Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Taboão da Serra realizou na manhã desta segunda-feira (7) um evento no Cemur onde discutiu temas relacionados à violência contra a mulher e formas de combatê-la.

Entre os palestrantes estavam à juíza de direito, Dra. Tatiane Lima, do Fórum Regional do Butantã, em São Paulo, que destacou em sua palestra as diversas formas de perpetuação da cultura machista feita através da mídia, de desenhos infantis e principalmente por propagandas.

Evento em Taboão da Serra celebra os 11 anos da Lei Maria da Penha.

Evento em Taboão da Serra celebra os 11 anos da Lei Maria da Penha.

Ela afirma que apenas “5% das mulheres denunciam a primeira agressão” e pediu que as pessoas – e autoridades – acolham essas mulheres. “A lei Maria da Penha teve um importante papel porque fez as mulheres se verem como amigas”, afirma Dra. Tatiane. A outra palestra foi com transexual Neon Cunha, que fez um panorama da violência ao longo da história.

A coordenadora dos direitos da mulher de Taboão da Serra, Sueli Amoedo, destacou os avanços no combate a violência doméstica do município nos últimos anos e afirma que o evento foi para sensibilizar ainda mais o município e suas autoridades.

“[Temos que] Sensibilizar o município, sensibilizar os funcionários que comparecem, da importância e aplicação da lei. A mulher tem que ser escutada, tem que ser dirigida a delegacia, e que os serviços têm que ser acolhedor. A importância das leis são isso. O serviço tem que ser acolhedor”, destaca Sueli.

Na semana passada, a Câmara Municipal aprovou um projeto do prefeito Fernando Fernandes (PSDB), que criou um patrulhamento na GCM denominada de Ronda Guardiã, que será treinada para atuar na “proteção, prevenção, monitoramento e acompanhamento das mulheres vítimas de violência doméstica”.

A Banda Regimental de Música da Polícia Militar (CPA/M-8) fez algumas apresentações durante o evento. Por fim, participantes, em sua maioria mulheres, participaram de uma aula aberta de Zumba.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online