Home » Todas as notícias » Foragido, Ney Santos usa redes sociais para falar sobre pedido de prisão feito pelo MP

Foragido, Ney Santos usa redes sociais para falar sobre pedido de prisão feito pelo MP

Da redação do Taboão em Foco

O prefeito eleito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB), se manifestou no início da madrugada deste sábado (10) pelas redes sociais sobre a Operação Xibalba do Ministério Público do Estado de São Paulo, que decretou a sua prisão por associação ao crime organizado.

Ney Santos está foragido e diz que vai esperar advogados ter acesso aos autos na próxima semana. Ele diz que pedido de prisão é perseguição política.

Ney Santos está foragido e diz que vai esperar advogados ter acesso aos autos na próxima semana. Ele diz que pedido de prisão é perseguição política.

Ele voltou a negar qualquer envolvimento com o crime a qual foi “acusado em 2010 e que até agora nada foi comprovado” e que inclusive seus “bens que foram apreendidos na ocasião, todos foram devolvidos pela própria justiça por falta de provas”.

Ney Santos diz que não se apresentou porque teria viajado e aguarda seus advogados terem acesso aos autos. “Não me apresentei até esse momento por que havia viajado e também estou aguardando os autos chegarem nas mãos dos meus advogados, pois a justiça só irá nos entregar na próxima quarta feira. Tenho certeza que Deus está no controle de tudo, e toda a verdade virá à tona de fato”, afirma.

O político diz estranhar a operação faltando 10 dias para sua diplomação pela Justiça Eleitoral, prevista para o dia 19 de dezembro. “Esta claro que tudo isto mais uma vez, não passa de mais uma perseguição política que estou sofrendo, e que está sendo amplamente explorada pela mídia sensacionalista”, diz outro trecho da nota.

Pelas redes sociais, seus apoiadores tentam ligar o pedido de prisão ao PT, partido que elegeu e reelegeu os prefeitos de Embu das Artes nas últimas quatro eleições, até ser derrotado por Ney. Porém, é importante ressaltar, que o pedido e a investigação partiu do Gaeco, braço do MP de São Paulo, Estado governado pelo PSDB – aliado do novo prefeito –  há mais de duas décadas.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online