Home » Esporte, Cultura e Lazer, Todas as notícias » Fortalecido, Sarau do Binho encerra 2012 com festa em Taboão da Serra

Fortalecido, Sarau do Binho encerra 2012 com festa em Taboão da Serra

Por Allan dos Reis, no Centro, em Taboão da Serra

O Sarau do Binho vive e atrai poetas e artistas a Taboão da Serra

O último Sarau do Binho de 2012, que virou itinerante após o prefeito da capital paulista fechar no fim de maio o bar que servia de palco para os encontros, aconteceu na noite de segunda-feira (10) no Espaço Clariô de Teatro em Taboão da Serra. Foram mais de três horas com muitas poesias, músicas e apresentações de artistas de toda região metropolitana de São Paulo.

“Foi um susto ter fechado o espaço, mas foi só o espaço [físico] porque na verdade acabou fortalecido mais. Acho que houve uma dimensão maior dos movimentos culturais, todo mundo apoiou essa luta”, afirma Binho. E completa. “A gente vê que o pessoal do Taboão está chegando mais e vem somar”, diz.

A noite foi mais uma mostra de que o “Sarau do Binho Vive” e muito bem. Prova disto foi a maneira emocionante com que o poeta Edgar Izarelli Oliveira, que sentado numa cadeira de rodas e com as suas limitações físicas emocionou os presentes. “Já inventaram a máquina do tempo? Eu quero chegar a nova era”, diz trecho de uma de suas poesias.

Se a nova era não chega, os novos poetas, sim. É o caso do jovem Ronie Ariel Silva que saiu do Butantã, em São Paulo para ler – com as mãos tremendo – a sua primeira poesia em público. Teve ainda o som de Zinho Trindade, de Embu das Artes, Gaspar do Z’África Brasil, com as suas letras bem elaboradas, e outros tantos artistas e poetas.

Com poucas oportunidades de cultura na cidade, o sarau serviu para agitar a noite de segunda-feira uma vez por mês, sempre na ‘segunda segunda-feira’. O próximo encontro em Taboão será em Fevereiro.

Sarau do Binho atrai poetas de diversas partes de São Paulo.

CULTURA EM TABOÃO

O diretor Mário Pazini, que abriu o espaço para receber o “Sarau do Binho”, conversou com o Taboão em Foco a respeito da cultura no município. Crítico pelo descaso com que a atual administração trata a área, ele ressalta que o “Espaço Clariô já recebeu mais de 30 peças de teatro em 2012”. Isso sem qualquer ajuda do governo local.

Pazzini diz que espera que o próximo prefeito Fernando Fernandes (PSDB) faça três coisas pela cultura: destinar 1% do orçamento para área, mudar o conselho municipal de cultura e criar uma lei de fomento. Com isso, “a cultura dará um passo importante”, acredita.

Já curtiu o Taboão em Foco no Facebook?

One Response

  1. Will Damas disse:

    Enquanto os cargos políticos em Taboão, forem negociados, não haverá boa gestão em nenhuma area. Principalmente na “cultura”! Precisamos de um Secretario da Cultura que esteja em sintonia com os movimentos culturais da cidade e com os artistas. Não existe “desunião” entre os artistas de Taboão, isso é discurso de quem não conhece a cidade. O que existe e, esperávamos, com o novo eleito, é que o novo Secretário fosse um representante “legítimo” da cultura taboanense, e não foi o que aconteceu. O cargo foi negociado. Pena!

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online