Home » Sociedade, Todas as notícias » Funcionário de lava-rápido bate carro de cliente e fere homem em bicicleta

Funcionário de lava-rápido bate carro de cliente e fere homem em bicicleta

Adilson Oliveira, no Pirajuçara e no Jardim Trianon, em Taboão da Serra

Funcionário de um lava-rápido bateu o carro de um cliente em um poste e prensou um homem em bicicleta na esquina da rua Euclides Pagani Martins com a estrada Kizaemon Takeuti, no Pirajuçara, em Taboão da Serra, no domingo, dia 26. O rapaz de 31 anos ficou consciente, mas teve ferimento na cabeça com sangramento, e foi socorrido por ambulância do Samu ao Hospital Pirajussara. A Guarda Municipal deteve o atropelador.

Carro prensa em poste bicicleta em que estava um homem que ficou ferido e foi socorrido a hospital da região

Em viatura da GCM, Damião Briano contou que se confundiu, pisou no acelerador, perdeu a direção, “e acabou acontecendo essa besteira”. Ele não tem habilitação nem sabe dirigir. “Realmente, peguei só umas vezes o carro do meu irmão. No emprego, foi a primeira vez”, admitiu. Disse trabalhar há cinco anos no lava-rápido. Segundo a GCM, estava “aéreo”. “A sorte foi ter esse poste senão ia atropelar muita gente”, disse um popular.

ÁLCOOL

O motorista de um Palio bateu levemente na lateral de um ônibus da linha Itaim Bibi-Terminal Casa Branca na estrada Tenente José Maria da Cunha, Jardim Trianon, em Taboão, e complicou o trânsito no local, na noite da última sexta-feira, dia 24. Nenhum passageiro se feriu. O condutor disse que tentava fazer uma conversão à direita. De acordo com a Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência, ele estava “totalmente embriagado”.

Veículo dirigido por condutor embriagado bate na lateral de ônibus na estr. Ten. José Maria da Cunha, no Jd. Trianon

A reportagem tentou falar com o homem, que disse se chamar João Carlos Porto, mas ele repeliu a aproximação. “Fala com ele lá”, disse, apontando para a Guarda. Como o acidente não teve vítima, ele seria conduzido para posto da Polícia Militar para registrar boletim de ocorrência, mas se recusava a ir. GCMs falaram para o condutor chamar um parente e que não seria liberado para dirigir “em visível estado de embriaguez”.

One Response

  1. Esse moleque que atropelou o rapaz sobre a calçada é uma tremendo irresponsável. Pegar um veículo que não lhe pertence e sair pelas ruas da cidade sem habilitação é ser muito retardado. Para piorar mais a situação, o carro estava com documento irregular e ficou apreendido.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online