Home » Sociedade, Todas as notícias » Geraldo Alckmin esquece promessa de 2012 e Taboão fica sem o 2º Distrito Policial

Geraldo Alckmin esquece promessa de 2012 e Taboão fica sem o 2º Distrito Policial

Por Williana Lascaleia, no Centro de Taboão da Serra

Alckmin prometeu que 2º DP ficaria pronto até setembro de 2012. Um ano depois nada da antiga promessa (Foto: Allan dos Reis)

Alckmin prometeu que 2º DP ficaria pronto até setembro de 2012. Um ano depois e nem ele lembra da antiga promessa (Foto: Allan dos Reis)

Em maio de 2012, durante a inauguração do AME Taboão da Serra, o governador Geraldo Alckmin disse em alto e bom som. “Nós vamos instalar o 2º DP que deve ser no Pirajuçara. E para ganhar tempo, nós vamos procurar um prédio para alugar. Nós já estamos procurando prédio. Se a gente conseguir um prédio rapidamente, em setembro ou outubro [de 2012] já pode estar funcionando”, disse.

Um ano e alguns meses depois, Alckmin retorna ao município para anunciar o Poupatempo na região do Pirajuçara, mas questionado pela reportagem do Taboão em Foco a respeito de sua antiga, ele não soube responder porque ainda não cumpriu e quando será finalmente honrada.

“Eu vou verificar sobre o segundo distrito policial”, resumiu Alckmin. Mais tarde, a assessoria do governador ligou a repórter do site e informou que o segundo distrito “ainda não foi instalado porque estão em busca de um imóvel”. O 2º DP está apenas no papel desde o ano de 2006, quando o atual governador publicou um decreto criando o mesmo.

O prefeito Fernando Fernandes disse que a Seccional de Taboão da Serra não teria conseguido um imóvel adequado para instalação do distrito e chegou a oferecer o terreno aonde será construída a sede do Corpo de Bombeiros.

Com mais de 260 mil habitantes, Taboão da Serra tem apenas um distrito policial. O 2º DP existe no papel desde 2006.

Com mais de 260 mil habitantes, Taboão da Serra tem apenas um distrito policial. O 2º DP existe no papel desde 2006.

“O governador [Geraldo Alckmin] pediu para a Seccional de Taboão que corresse atrás de imóveis para alugar. Parece que eles não conseguiram imóvel para alugar ou os que tinham não satisfaziam a Secretaria de Segurança Pública e acabou retardando o processo. Me pediram um terreno e eu acabei destinando este terreno [dos Bombeiros] ao segundo distrito policial. Mas a Secretaria de Segurança Pública só teria recursos no orçamento para construção no orçamento de 2014. Eu dei preferência para o Corpo de Bombeiros que já estava no gatilho e tinha emenda da deputada Analice Fernandes para ser feito”, disse Fernandes após a visita do governador.

O prefeito encerrou afirmando que no próximo ano, assim que a Secretaria de Segurança Pública avisar que tem recursos para a construção, será providenciado outro terreno para o 2º DP.

4 Responses

  1. cleidimar bento gonçalves. EMEF Dom Veremundo Toth (Coord. Campo Limpo) disse:

    Taboão ainda não passou da fase do coronelismo tão comum no Brasil entre o final do século XIX e início do século XX. A prova disso foram as medalhas de condecoração em virtude do aniversário da cidade dadas aos herdeiros da família Basile no ano passado e com aprovação unânime do legislativo da cidade. É bom lembrar que esta é uma família tradicional de latifundiários em Taboão (são donos de quase todas as terras da cidade) que devem milhões em impostos (IPTU) à prefeitura. Olha como estamos sendo bem representados pelos nossos vereadores. Será que esses vereadores estão tendo consciência do que estão fazendo? Que tal irmos às ruas novamente?

  2. Marcos Vieira disse:

    É bem feito para a população. Já passou da hora de não se acreditar em projetos, em anos eleitorais. Ainda mais que ele esteve aqui na época, em apoio a candidatura do atual “Messias” de Taboão.
    Corpo de Bombeiros, fatecs, etecs, poupa tempos, metro, etc………..nossa, são tantas promessas.
    Bem feito para quem acreditou….continuem assistindo à dança dos famosos, Marcelo Resende, Datena e achando que o Neymar é um fenômeno.
    Afinal, um mundo de fantasia é sempre melhor.
    Pobre Taboão da Serra…não sei por quanto tempo existirá. Espero já ter ido embora.

  3. O “xoke de jestão” inviabiliza o investimento, mas prometer ainda pode, então vai chegar o poupatempo com suas taxas de serviços, o bomprato de R$ 1. Já o distrito policial não pode cobrar nenhuma taxa do cidadão, aí, tenhamos paciência… que vai chegar taboanenses!!

  4. Garcia disse:

    Não conseguem construir uma delegacia quanto mais duas estações de metro, piada.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online