Home » Política, Todas as notícias » Governistas rebatem jornal que insinua que a Prefeitura de Taboão está na máfia da merenda

Governistas rebatem jornal que insinua que a Prefeitura de Taboão está na máfia da merenda

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

Os vereadores de Taboão da Serra passaram grande parte da sessão desta terça-feira (22) defendendo o prefeito Fernando Fernandes (PSDB) de uma reportagem do Jornal Hoje, em que sugere que a administração municipal estaria sendo investigada pela Polícia Federal na chamada “Máfia da Merenda”, que culminou com a operação “Prato Feito” realizado no início do mês.

De acordo com o periódico, a investigação se daria pelo fato das empresas investigadas “Fenix Com. De Alimentação Ltda” e a “Pack Food Comércio de Alimentos” terem contratos com a Prefeitura Municipal. Pelo menos até o momento, não há qualquer informação de que Taboão da Serra também esteja na lista de cidades investigadas. No relatório da PF, inclusive, o município não é citado.

Governistas saem em defesa do prefeito Fernando Fernandes. Apenas Moreira (último à direita) manteve postura mais crítica.

Governistas saem em defesa do prefeito Fernando Fernandes. Apenas Moreira (último à direita) manteve postura mais crítica.

O vereador Cido (DEM) foi o primeiro a criticar a notícia. “Uma matéria que tenta confundir o leitor fazendo ilações que não são verdadeiras. E no finalzinho da matéria diz que a PF analisa o material e o possível envolvimento de Taboão da Serra”, rebate.

Na mesma linha seguiram os vereadores Marcos Paulo (PPS) diz que “é muito mais notícia política” e que as empresas investigadas apenas ganharam alguns pregões no município. “Fica nossa defesa técnica do governo. Respeitamos a informação que saiu, mas estamos tranquilos”, diz.

Já Ronaldo Onishi (SD) separou a defesa em dois pontos. O primeiro como advogado, onde afirma ter lido todo relatório e que “não há nenhuma linha que implique a administração Fernando Fernandes”. A outra foi política tentando ligar a notícia a uma tentativa de prejudicar a candidatura a reeleição da deputada estadual Analice Fernandes. “Temos uma eleição que está batendo a porta. E é inegável o trabalho da Analice. Quanto mais se aproxima [a eleição], mais manchetes como essas teremos”.

Onishi rebate matéria de jornal e defende o governo Fernando Fernandes.

Onishi rebate matéria de jornal e defende o governo Fernando Fernandes.

Eduardo Nóbrega (PSDB) acusou a matéria de “mentir descaradamente” e reforçou que não há indícios que Taboão da Serra seja investigado. A presidente Joice Silva (PTB) ironizou ao dizer que a PF pode ter “passado pela nossa cidade” mas passou direto. Como se sabe, um dos municípios investigados foi Embu das Artes, onde policiais levaram documentos no dia da operação.

Já o vereador Professor Moreira (PSD) reforça que o “jornal não afirma que a Prefeitura fez algo ilícito” e afirma estranhar “porque tamanha defesa. Quem não deve, não teme”, discursou.

Já na parte final da sessão, alguns vereadores voltaram à tribuna e foram mais enfáticos nas críticas ao jornal que veiculou a matéria.

One Response

  1. Adriano disse:

    Eu li a matéria e não encontrei nenhuma acusação direta de que a Prefeitura esteja envolvida em algo ilícito na alimentação escolar. O que existe é uma investigação da PF nas ações das empresas fornecedoras de merenda.
    Mas o questionamento do Moreira faz sentido: Por que tanta defesa?

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online