Home » Sociedade, Todas as notícias » Greve dos caminhoneiros em Embu das Artes termina após a chegada do Exército

Greve dos caminhoneiros em Embu das Artes termina após a chegada do Exército

Por Allan dos Reis, nas margens da BR-116

Um dos principais pontos de concentração da greve dos caminhoneiros contra o valor elevado do diesel foi disperso na manhã desta quarta-feira (30) com a chegada de tropas do exército na Rodovia Régis Bittencourt, Km 280, em Embu das Artes.

O exército mobilizou cerca de 500 soldados, que chegaram em caminhões, motos, ônibus e até um helicóptero fez voos rasantes no local. Com isso, as dezenas de caminhões que estavam no acostamento começaram a se dispersar.

Com a chegada do exército em Embu das Artes, caminhões voltaram a circular pela Rodovia Régis Bittencourt

Com a chegada do exército em Embu das Artes, caminhões voltaram a circular pela Rodovia Régis Bittencourt

A justificativa era liberar os caminhoneiros que desejavam seguir viagem, mas que estariam sendo ameaçados ou impedidos de sair do local de concentração.

Desde segunda-feira da semana passada, a rodovia foi ocupada por caminhoneiros – dos menores aos maiores caminhões – que fizeram uma série de reivindicações ao presidente Michel Temer. Entre elas, a baixa do valor do diesel e a isenção da cobrança do eixo suspenso nos pedágios.

Após recusas e muita negociação, Temer acatou as solicitações da categoria, mas eles insistiam em ficar no local. Sem caminhão, houve desabastecimento de combustíveis nos postos da região e Prefeituras decretaram “situação de emergência” e cancelaram aulas nas unidades de ensino.

Exército mobilizou cerca de 500 soldados para dispersar caminhoneiros em Embu das Artes.

Exército mobilizou cerca de 500 soldados para dispersar caminhoneiros em Embu das Artes.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online