Home » Todas as notícias » Judoca taboanense Rogério Zeferino morre vítima de leucemia aos 49 anos

Judoca taboanense Rogério Zeferino morre vítima de leucemia aos 49 anos

Da redação do Taboão em Foco, atualizado às 00h40

Após anos enfrentando uma árdua luta contra o câncer, morreu na tarde desta segunda-feira (19) o judoca taboanense Rogério Zeferino (49 anos). Ele tinha a síndrome mielodisplásica, também chamada de mielodisplasia ou SMD. Zeferino estava internado no Hospital Brigadeiro. O enterro será às 14h desta terça (20) no Cemitério Memorial Parque das Cerejeiras, na Zona Sul de São Paulo. O velório acontece no mesmo local horas antes.

Rogério Zeferino tinha orgulho em mostrar a tocha olímpica, que carregou na véspera das Olimpíadas do Rio 2016.

Rogério Zeferino tinha orgulho em mostrar a tocha olímpica, que carregou na véspera das Olimpíadas do Rio 2016.

Zeferino era faixa preta em judô (2º Dan) e já participou de diversas competições representando o município. De jogos regionais a brasileiro. O companheiro de kimono, Nelson Onmura fala da importância do amigo.

“Gente boa demais. Não fazia nada por maldade. Gostava de pescar e de moda de viola. E sempre que a gente precisava de algo, ele nos ajudava. Brigou muito pela vida, foi um guerreiro, mas agora vai descansar”, diz Onmura.

Nelson Onmura sobre o amigo Rogério Zeferino. "Brigou muito pela vida".

Nelson Onmura sobre o amigo Rogério Zeferino. “Brigou muito pela vida”. (Foto: Reprodução)

Há um ano, o judoca teve a honra de ser o único morador de Taboão da Serra a carregar a tocha olímpica da Rio 2016 pelas ruas da cidade de Jundiaí. Na época, em ele revelou sua emoção em conversa com o Taboão em Foco.

“Quando me deixaram no ponto que ia acender a tocha foi demais. Vem o comboio de caminhões da Nissan e da Coca-Cola com um letreiro com meu nome e muita música eletrônica. Depois de outra condutora acender a minha tocha, em seguida, já comecei  o meu revezamento de 200 metros, onde não lembrava de mais nada, só na tocha comigo. Adrenalina! Fui a 1.000!”, celebrou o Zeferino.

Ele era casado com Vânia Zeferino e não tinha filhos. Deixa também uma legião de amigos.

HOMENAGEM

No ano de 2016, Rogério Zeferino foi um dos munícipes agraciados com a “Medalha 19 de Fevereiro”, honraria cedida a cidadãos que contribuíram pelo desenvolvimento do município. O responsável por indicar o nome de Zeferino foi o vereador Carlinhos do Leme (PSDB).

Em 2016, Carlinhos reconheceu a dedicação de Zeferino e lhe concedeu a Medalha 19 de Fevereiro.

Em 2016, Carlinhos reconheceu a dedicação de Zeferino e lhe concedeu a Medalha 19 de Fevereiro.

“Eu vi nele alguém que gostava da cidade. E mesmo em tratamento, ele tentava ajudar as pessoas. Para mim, ele era um cara diferente e lembro quando disse que ele seria o meu homenageado. Ele ficou muito feliz”, relembra Carlinho.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online