Home » Política, Todas as notícias » Justiça pede devolução de R$ 154 milhões e bloqueia bens do ex-prefeito Evilásio e sócios de empresa de lixo

Justiça pede devolução de R$ 154 milhões e bloqueia bens do ex-prefeito Evilásio e sócios de empresa de lixo

Da Redação*

Prefeito Evilásio não repassa dinheiro da TaboãoPrev e sindicato entra na justiça. (Foto: Adilson Oliveira / Arquivo)

Justiça pede bloqueio dos bens do ex-prefeito Evilásio Farias (Foto: Adilson Oliveira / Arquivo)

A Justiça de Taboão da Serra pediu o bloqueio dos bens do ex-prefeito Evilásio Farias [2005-2012], do ex-secretário Luis Antônio de Lima, da empresa de coleta de lixo Viva Ambiental e os seus acionistas após um processo de improbidade administrativa movido pelo Ministério Público que pede a devolução aos cofres públicos de mais de R$ 154 milhões por fraudes na contratação da empresa em 2005, sem licitação.

Segundo o site O Taboanense, a ação começou com a denúncia de uma ex-servidora do município, que também é parte no processo, que em 2007 procurou o atual prefeito Fernando Fernandes [na época era ex-prefeito] e narrou um suposto esquema de fraudes com altas propinas ao alto escalão do governo citando a empresa Viva Ambiental.

A denuncia foi encaminhada ao MP que passou a investigar o caso e agora pede o bloqueio os bens dos envolvidos. A Justiça já informou cartórios e o Banco Central a respeito da medida. A empresa de coleta de lixo Viva Ambiental foi vendida ao grupo Cavo, que continua realizando o serviço no município.

O Taboão em Foco encaminhou um email ao ex-prefeito Evilásio Farias, e até o momento não obteve resposta.

*excluído o nome da ex-servidora, que não foi a autora da denúncia.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online