Lei proíbe Vinho Quente e Quentão nas escolas

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou na semana passada um projeto de lei, de autoria dos vereadores Paulo Félix (PSDB) e Alexandre Depieri (PSB), que “proibe o consumo de bebidas alcoólicas e seus derivados nos estabelecimentos de ensino mantido pela administração municipal”. A lei que vai para sanção, ou não, do prefeito veta que as escolas municipais vendam vinho quente e quentão nos festas juninas, como de costume.

Festa JuninaPara um dos autores do projeto, algumas escolas incentivam os seus alunos a consumirem álcool. “Nós temos relatos de pessoas que frequentam a associação dos alcoólatras anônimos e outras instituições que tentam recuperar esses jovens que afirmam que começaram com o vício nas escolas, em festas juninas, em igrejas, e nas agremiações que tinham vinho quente e quentão e era tudo liberado”, afirma Depieri.

O vereador sugere que as escolas mudem apenas um dos ingrediente dessas bebidas. “Dá para fazer essas bebidas sem a utilização de bebidas alcóolicas. E fica muito bom”, conclui Depieri

Texto: Allan dos Reis / Foto: www.charutosebebidas.com.br

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.