Home » Política, Todas as notícias » ‘Líder do Governo’ dispara contra Alckmin e manda indiretas ao prefeito

‘Líder do Governo’ dispara contra Alckmin e manda indiretas ao prefeito

Por Allan dos Reis, no Jardim Maria Rosa

O vereador Marco Porta (PRB), nomeado indiretamente como líder do governo Fernando Fernandes (PSDB), utilizou a tribuna nesta terça-feira, dia 5, para mandar recados de forma indireta ao prefeito e cobrar novo posicionamento da Câmara Municipal em relação às promessas feitas durante a campanha do mandatário. A mudança radical teria ocorrido porque nos bastidores já é certo que ele não terá o apoio do prefeito na sucessão pela presidência do poder legislativo.

Após defender a gestão do prefeito Fernando com 'unhas e dentes' desde o início de mandato, Marco Porta minimiza a atuação do mandatário na gestão da cidade. (Foto: Reprodução / Facebook Marco Porta)

ESFRIOU: Após defender a gestão do prefeito Fernando com ‘unhas e dentes’ desde o início de mandato, Marco Porta minimiza a atuação do mandatário na gestão da cidade. (Foto: Reprodução / Facebook Marco Porta)

“Todo sucesso que o governo tem é devido a essa Câmara. Nenhum êxito não se deve aos vereadores. […] Todo mundo que tem poder e dinheiro trata os seus aliados com subserviência. E nós temos que mudar isso”, discursou Porta, quando falava de um problema em uma das agencias da Caixa Econômica Federal.

Alckmin vira alvo de críticas do aliado Marco Porta pela crise da água. (Foto: Reprodução / Facebook Vera Lima)

Alckmin vira alvo de críticas do aliado Marco Porta pela crise da água. (Foto: Reprodução / Facebook Vera Lima)

Questionado pela reportagem se era um recado ao prefeito, o vereador negou e disse que o “governo está cumprindo com a sua promessa de trazer dias melhores”. Porém, os vereadores foram unânimes em afirmar que sim. Outra reclamação exposta nos bastidores é que o prefeito não convida os aliados para tirar fotos – e aparecer nos jornais – em matérias positivas.

Em seguida, para reforçar as críticas indiretas, Porta fez uma série de reclamações da gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem o apoio do PRB na corrida pela reeleição. “O problema que nós estamos tendo de estiagem é porque os governos não investiram em outros reservatórios. […] Faltou seriedade por parte do Governo do Estado [dirigido pelo PSDB desde 1995]”, criticou.

Em tribuna, Eduardo Nóbrega reforçou as críticas do vereador Marco Porta.

Em tribuna, Eduardo Nóbrega reforçou as críticas do vereador Marco Porta.

O presidente da Câmara, Eduardo Nóbrega (PR), fez coro as reclamações do vereador e cobrou a presença dos vereadores nas fotos. “Então, Marco Porta, eu entendo a sua fala. Está na hora de nas fotos estarem os vereadores. É justo que essa casa acompanhe o prefeito Fernando Fernandes”, diz.

Apesar de anunciar que vai contrariar a orientação do seu partido que apóia o candidato a governador do PT e votar em Alckmin, Nóbrega também criticou o atual governador. “O [Geraldo] Alckmin é muito mal e a sua política de segurança pública não atende Taboão da Serra. Tem polícia militar em Taboão?”, questionou.

Em outubro de 2013, o presidente chegou a anunciar que andaria de “braços dados” com Alexandre Padilha, do PT. “O Picolé de Chuchu [apelido dado pelo jornalista José Simão ao governador Geraldo Alckmin] já cansou. O PR (Partido da República) estará de braços dados com o PT na eleição de 2014. A segurança pública não está a altura e o PSDB está no poder a quase 30 anos”, disse na ocasião.

Mesmo com todas as críticas, nenhum dos três vereadores do PSDB se propôs a defender o atual governador e nem mesmo o prefeito Fernando Fernandes.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online