Home » Política, Todas as notícias » Lune deixa CPI do Shopping Taboão porque vai ‘terminar em pizza'; representante do shopping e secretário são intimados

Lune deixa CPI do Shopping Taboão porque vai ‘terminar em pizza'; representante do shopping e secretário são intimados

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

A Comissão Especial de Inquérito (CEI), semelhante a CPI, criada pela Câmara Municipal para tentar responder os motivos que levam o Shopping Taboão à não construir segunda alça de acesso, sentido Embu das Artes, sobre a Rodovia Régis Bittencourt, se reuniu na última quinta-feira (12). O encontro marcou a saída repentina do vereador Luiz Lune (PC do B), que disse que “vai dar em pizza” e também marcou a intimação de um representante do shopping [sem citar nome] e do secretário de obras, Rogério Balzano no dia 2 de junho.

Os vereadores discutiam o andamento e as documentações que já está em mãos da comissão quando  Lune pediu ‘para sair’ da comissão, que também tem os vereadores Érica Franquini (PSDB), Marcos Paulo (PPS), Professor Moreira (PSD) e Eduardo Nóbrega (PSDB). “Será pizza de atum ou mussarela? Então eu peço, nobre vereadora, a minha saída porque infelizmente não vou compactuar com essa brincadeira. Era só isso”, surpreendeu e saiu do plenário.

Vereador Luiz Lune diz que CPI do Shopping Taboão vai dar "em pizza" e abandona comissão.

Vereador Luiz Lune diz que CPI do Shopping Taboão vai dar “em pizza” e abandona comissão.

Minutos antes o vereador Moreira já havia discutido com a presidente da comissão, Érica Franquini, e chegou a dizer que era “perda de tempo” participar das oitivas. “Não entendo porque você diz que é perda de tempo e participa desta CEI”, respondeu Érica. Com a saída de Lune, mais um desabafo. “Mais um vereador que não acredita nesta CEI”, lamentou.

O líder do governo Eduardo Nóbrega (PSDB) e membro da comissão pediu que a saída de Lune fosse analisada apenas na próxima audiência. “Esse pedido de retirada da CPI pelo vereador Luiz Lune, que parece que foi sob forte emoção. Pediria que deixasse para deliberar sobre essa solicitação na outra audiência desde que ele fizesse por escrito e encaminhado a vossa excelência”, solicitou.

Já no final da reunião foi mais enfática. “Quero deixar bem claro aos munícipes que essa é uma CPI séria e eu levo a sério o meu mandato. Fui eleita pela população e somos vereadores até o dia 31 de dezembro. Enquanto formos vereadora, vou fazer o meu papel. Não me sinto perdendo tempo aqui”, reforçou Érica.

Shopping Taboão fez apenas a alça para chegar ao local. Motoristas têm que enfrentar trânsito e por pelos bairros para voltar a Rodovia Régis Bittencourt. (Foto: Reprodução Google)

Shopping Taboão fez apenas a alça para chegar ao local. Motoristas têm que enfrentar trânsito e por pelos bairros para voltar a Rodovia Régis Bittencourt. (Foto: Reprodução Google)

Para reforçar o trabalho da comissão, os vereadores aprovaram a convocação do representante do Shopping Taboão, sem especificar o nome, mas deve ser o superintendente Carlos Alcântara, que já participou – na época – de forma espontânea da CPI em março onde reforçou que “não tem data” para construir a alça. Ele terá que comparecer com todos os protocolos que comprovem que o centro de compras protocolou os pedidos de licenças nos órgãos competentes, que afirmam não terem ciência dos mesmos. O secretário de obras, Rogério Balzano, depõe no mesmo dia.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online