Home » Política, Todas as notícias » Macário pode ser o vice na chapa de Aprígio, do PSB, com recusa de Wagner

Macário pode ser o vice na chapa de Aprígio, do PSB, com recusa de Wagner

Por Adilson Oliveira, no Jardim Maria Rosa, em Taboão da Serra

O presidente da Câmara de Taboão da Serra, Macário (PT), pode ser — indicado pelo partido — vice do pré-candidato a prefeito Aprígio, caso o vereador Wagner Eckstein não aceite a vaga. O PT foi alvo de intervenção da direção nacional para apoiar o PSB e teve de abrir mão de concorrer à sucessão municipal com Eckstein, que, apurou a reportagem, não quer ser companheiro de chapa e ameaça nem se recandidatar ao Legislativo.

Pelo partido, Wagner é o indicado definido, tanto que instâncias superiores deliberaram como inegociável. “É condição. Essa condição foi debatida tanto na [Executiva] estadual como na nacional para poder compor, e queremos”, disse o coordenador de Finanças do PT-SP, Irineu Casemiro, em entrevista ao Taboão em Foco nesta terça-feira, dia 26, confirmando, com exclusividade, que o PT não terá mais candidatura própria.

Vereador José Macário, presidente da Câmara de Taboão da Serra, que o PT pode indicar como vice do prefeiturável do PSB no lugar do ex-pré-candidato Wagner (Foto: Adilson Oliveira/Taboão em Foco - 5.jun.12)

“O Wagner é prioridade. Temos projeto para ele, precisa estar no majoritário. Então se não é candidato a prefeito, é vice”, completou Irineu. Ele negou que poderia ser outro nome para a vaga diante da informação de que o ex-pré-candidato resiste e abriria mão da indicação. “Não está colocado”, respondeu. Questionado se Wagner, por ser a contragosto, iria para o “sacrifício”, o petista disse não se tratar de nenhuma anormalidade.

“Não é sacrifício, já estamos com o PSB há oito anos!”, retrucou sobre os petistas, incluída a vice-prefeita Márcia Regina, em aliança com o governo Evilásio Farias. “É construção de uma aliança para derrotar o nosso adversário principal, o PSDB [de Fernando Fernandes]. Não podemos entender como sacrifício, entendo como adiar o projeto, estamos adiando nosso projeto [de candidatura própria]”, disse Irineu, militante em Taboão.

Indagado se Macário pode ser o vice, Irineu disse que sim, entre opções, “se o Wagner não aceitar”. Em primeiro mandato como vereador, eleito em 2008 com 2.689 votos, Macário é empresário e tem reduto eleitoral significativo, no Jardim Elizabete, no fundo da periferia do Pirajuçara, onde o desempenho de Aprígio em votos é pífio, segundo pesquisas. “Pode ser ele, pode ser outro, mas nosso candidato a vice é o Wagner”, frisou Irineu.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online