Home » Todas as notícias » Mãe de aluno da EMI Aninha relata caos durante greve de educadores

Mãe de aluno da EMI Aninha relata caos durante greve de educadores

EMI Aninha

EMI Aninha fica no Jardim Record e foi inaugurada em julho de 2015. (Foto: Arquivo)

Prezados,

Gostaria de deixar registrado a minha insatisfação com o serviço prestado, pelos colaboradores da escola EMI ANINHA. Meu filho tem 3 anos de idade, e está matriculado na escola EMI ANINHA desde julho de 2015. Desde então nunca tive nenhum problema com a escola.

Mas há um mês, tenho tido sérios problemas, pois algumas auxiliares aderiram à greve dos professores, sei que elas estão no direito delas, porém esqueceram dos direitos da criança, que é de estudar.

A escola no momento encontra-se de portas abertas, mas sem nenhuma condição de manter as crianças lá dentro, acredito que esteja de portas abertas de enfeite, por que não há funcionários suficiente para atender a quantidade de alunos matriculados.

Eu como mãe estou muito decepcionada com esta situação, preciso da escola, pois trabalho fora 9 horas por dia, e não tenho condições financeiras para pagar uma escola particular, por isso que neste caso conto com a creche.

O problema maior é que mesmo colaborando com a escola, retiro meu filho mais cedo, as professoras que estão presentes, juntamente com a Diretora responsável pela escola, informa para todos os pais de alunos, que a escola está sem condições de cuidar das crianças, que o máximo que dá para cuidar é até ás 11h e os pais que não tem condições de pagar para alguém cuidar, poderia deixar até ás 16:45.

Elas relatam que fica muito difícil cuidar das crianças, e muitas vezes tendo que juntar as salas, pois não tem ninguém para cuidar das crianças, e deixando os pais cientes que pode ter caso de uma criança bater na outra, morder, estranhar a professora que é de outra sala etc.

Estamos falando de uma creche, aonde a idade das crianças matriculadas variam entre 1 ano e 6 meses a 3 anos e 6 meses. Eu como mãe não fico tranquila em deixar meu filho na creche sabendo da real condição.

Será que um auxiliar por sala consegue cuidar sozinha de 30 crianças desta faixa etária? A resposta é NÃO.

Gostaria que a Prefeitura de Taboão da Serra, o Prefeito da Cidade, Vereador, Governador, Presidente da República, Alguém resolvesse esse problema. Que não é só meu.

*Relato enviado por Paloma Meirelles

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online