Home » Região, Todas as notícias » Maternidade de Embu das Artes não será reaberta em 2016, diz funcionária

Maternidade de Embu das Artes não será reaberta em 2016, diz funcionária

Por Allan dos Reis, direto da redação

Uma funcionária do Pronto Socorro Central de Embu das Artes confirmou na manhã desta quarta-feira (22) que a Maternidade do Município, fechada na quinta-feira passada para reformas, não será reaberta em novembro deste ano como vem prometendo o prefeito Chico Brito (sem partido) e vereadores aliados, que chegaram a distorcer o teor de um documento do Ministério Público Federal (MPF), conforme revelou o Taboao em Foco.

Maternidade de Embu das Artes não será reaberta em 2016. (Foto: Divulgação / PMETEA)

Maternidade de Embu das Artes não será reaberta em 2016 apesar das promessas. (Foto: Divulgação / PMETEA)

De acordo com ela, o local deve ficar fechado no mínimo seis meses. Na prática, será o prefeito eleito nas eleições de outubro que terá a missão de reabri-lo. “A maternidade está fechada por tempo indeterminado. A previsão que nos deram é que vai durar pelo menos seis meses para reabertura”, contou.

O Taboão em Foco confirmou a informação com uma enfermeira, que trabalha em outra unidade de saúde do município que recebeu profissionais que trabalhavam na maternidade. A reportagem tenta sem sucesso entrevistar o prefeito Chico Brito ou a secretária de saúde Sandra Magali Fihlie para falar sobre o fechamento. Em nota (ver abaixo), a Prefeitura de Embu das Artes mantém a informação de que o local será reaberto até o final deste ano. Vale ressaltar, que até a semana passada, o prazo era no mês de novembro.

Enquanto isso, gestantes de Embu das Artes estão sendo encaminhadas para realizarem o parto nos municípios da região, especialmente Taboão da Serra e Itapecerica da Serra.


Nota à imprensa

Sobre a reforma da Maternidade, informamos que:

O Maternidade Municipal será reaberta até o final de 2016, prazo necessário para a conclusão das obras de reforma;

Há um contrato vigente desde o ano passado com o Instituto Resgate à Vida, que, além da gestão, é responsável pela obra da Maternidade, com valor previsto de R$ 418 mil. Os funcionários da Prefeitura foram direcionados a outras unidades do município, dando apoio à nossa rede de saúde.

Att,

Prefeitura de Embu das Artes

One Response

  1. Vick disse:

    Esse carniceiro nao teria que abrir nunca mais , quase me matou e quase matou meu filho, nossa senhora que não deixou, estou processando!

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online