Home » Todas as notícias » Metrô e ônibus de São Paulo param nesta quarta (15) em protesto contra a reforma da Previdência

Metrô e ônibus de São Paulo param nesta quarta (15) em protesto contra a reforma da Previdência

Da redação do Taboão em Foco

Os metroviários e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores Rodoviários Urbanos de São Paulo (Sindmotoristas) anunciaram que vão entrar em greve nesta quarta-feira (15). As mobilizações são contra as reformas da Previdência e Trabalhista defendida pelo governo Michel Temer (PMDB) e fazem parte do Dia Nacional de Paralisações e Greves.

Greve do metrô pode ser de até 24h. (Foto: Divulgação)

Greve do metrô pode ser de até 24h. (Foto: Divulgação)

Apesar de terem anunciado adesão total, tanto a Prefeitura quanto o Metrô conseguiram liminares na Justiça que obriga ambos os sindicatos a manter efetivo de 100% no horário de pico e de 70% ao longo do dia. A paralisação dos ônibus deve ser encerrada às 8h e dos metroviários será por 24h.

A Linha 4-Amarela, administrada pelo consórcio ViaQuatro, circulará sem interrupções. A estação mais próxima de Taboão da Serra fica no Butantã e faz interligação até a Estação da Luz, na região central da capital.

SUSPENSO

A Prefeitura de São Paulo suspendeu o rodízio municipal e carros com placas finais 5 e 6 estão liberados para circular ao longo do dia. A cobrança do Zona Azul também está suspensa. As restrições para caminhões continuam valendo.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online