Home » Todas as notícias » Moradores de Taboão cobram aumento do efetivo da PM e mais rondas da Rocam

Moradores de Taboão cobram aumento do efetivo da PM e mais rondas da Rocam

Por Allan dos Reis, no Intercap

A reunião do Conseg Monte Alegre realizada na semana passada, dia 26 de abril, foi novamente marcada por cobrança a classe política de Taboão da Serra. Os moradores pedem que eles auxiliem o comando da PM a aumentar o efetivo no município e a quantidade de equipes da Rocam, hoje limitadíssima.

Uma das estratégias será procurar os deputados estaduais eleitos mais votados em Taboão da Serra nas eleições de 2014 para agendar reunião com o Secretário de Segurança do Estado, Mágino Alves Barbosa Filho.

Moradores de Taboão da Serra querem aumento do efetivo e do número de equipes da Rocam em Taboão da Serra.

Moradores de Taboão da Serra querem aumento do efetivo e do número de equipes da Rocam em Taboão da Serra.

Com a cobrança feita, o vice-prefeito Laércio Lopes prometeu a diretoria do Conseg que vai agendar uma reunião com a deputada Analice Fernandes, esposa do prefeito Fernando, na assembleia para discutir segurança.

“Gostaria de fazer uma defesa da deputada Analice Fernandes. Apesar dela nunca ter vindo ao Conseg, eu mesmo já conversei com ela algumas vezes a respeito do Conseg. É uma deputada que é vice-presidente da Assembleia, mora em Taboão da Serra e trouxe recentemente o Corpo de Bombeiros, que era um pedido de 10 anos. Ela lutou muito e por outras coisas. Vou me comprometer em marcar uma reunião do Conseg com ela na Assembleia Legislativa. Ela pode até intermediar uma reunião com o secretário de segurança”, diz Lopes.

Mas não foram apenas críticas. Moradores do Jardim Monte Alegre enaltecem o aumento do efetivo policial no bairro. “A gente está percebendo a quantidade de GCM e PM no Monte Alegre”, agradece morador.

No Jardim São Miguel, uma antiga reivindicação das reuniões foi solucionada. É a iluminação no ponto de ônibus na Régis Bittencourt, esquina com a rua em que fica o Senac. Aliás, a proibição de estacionamento de caminhões nesta via também mereceram elogios.

Já as principais críticas são a abertura do ponto de passagem no Jardim Laguna, que liga Taboão da Serra a São Paulo e a falta de policiamento próximo a Rua José Pestana, via paralela ao Córrego Pirajuçara.

O inspetor da GCM, Borgatto, reclamou que nesta região não constam nas estatísticas. “Quem fez o Boletim de Ocorrência? O pessoal do Monte Alegre e Jardim Pazzine têm feito”, diz.

Na mesma linha seguiu as outras autoridades policiais. “Eu trabalho com estatística. Esse trimestre cumprimos todas as metas. A gente comparando com a gente mesmo, estamos bem”, diz o Capitão PM Lúcio. Ele reforçou a importância do aumento do efetivo da Rocam porque “ladrão tem medo de motos [da Rocam]”.

Já o delegado do 1º DP de Taboão da Serra, Ivan Teixeira, pediu que a direção do Conseg estenda o convite das reuniões ao Judiciário para que também tenham sensibilidade ao proferirem suas decisões.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online