Home » Política, Todas as notícias » Na era digital, 40% dos vereadores de Taboão não respondem aos emails

Na era digital, 40% dos vereadores de Taboão não respondem aos emails

Por Allan dos Reis, Direto da Redação

Criado para facilitar e encurtar a comunicação entre os políticos, eleitores e a imprensa, cinco vereadores de Taboão da Serra preferem ignorar a existência do email oficial. Desde o dia 7 de Fevereiro o site Taboão em Foco tenta conseguir apenas uma confirmação de recebimento de um email com o seguinte texto: “A mensagem é apenas para confirmar o seu endereço de email repassado pela assessoria da Câmara. Gostaria que confirmasse o recebimento desta mensagem”.

Os vereadores Eduardo Lopes, Érica Franquini, Luzia Aprígio, Marcos Paulo e Professor Moreira demoram demais ou não respondem as mensagens encaminhadas aos emails oficiais. (Fotos: Divulgação / CMTS)

Os vereadores que não responderam as insistentes mensagens foram Eduardo Lopes (PSDB), Érica Franquini (PDT), Luzia Aprígio (PSB), Marcos Paulo (PSB) e Professor Moreira (PT). Somente no fim da tarde desta segunda (25) e após a reportagem ligar em todos os gabinetes [exceto do vereador Eduardo Lopes] é que as respostas apareceram. Mesmo assim, as duas vereadoras continuam sem responder.

Se eles não são capazes de responder uma simples mensagem, o que farão quando os seus eleitores questionarem o posicionamento de cada um deles em suas votações? E se os seus eleitores precisarem denunciar algum tipo de irregularidade de forma urgente? E se o questionamento for relacionado a algum tipo de gasto? Seria a visita aos gabinetes a única forma de comunicação com os vereadores?

Aliás, a posição desses vereadores vai na contramão do que eles mesmos afirmam em tribuna de que a Câmara estaria muito melhor com a renovação ocorrida na última eleição. Porém, aos poucos os velhos vícios parecem voltar. A falta de interatividade com os internautas é uma delas. Curiosamente, todos vereadores ganharam uma notebook para trabalhar.

Mas não pense que a falta de comunicação digital dos vereadores é exclusividade de Taboão da Serra. Uma pesquisa de 2011 da Medialogue mostrou que 53% dos vereadores da capital paulista também não respondem os emails dos eleitores.

Abaixo você confere a resposta de cada um:

Marcos Paulo: “Boa tarde Allan, peço desculpas pela demora mais estamos com alguns problemas aqui no meu gabinete”, respondeu às 17h46.

Luzia Aprígio: “Estou sem tempo e está corrido esses dias. Mas pode deixar que vou responder hoje [segunda] a noite”, disse a vereadora. [Nota: Até a publicação desta matéria não houve resposta]

Professor Moreira: “Hoje [dia 25] é a primeira vez que eu tenho acesso a este e-mail, peço-lhe desculpa de esta respondendo só agora”, respondeu às 16h35.

Eduardo Lopes: “Boa tarde sr.Allan,não respondemos o seu e-mail antes porque tivemos um probleminha com o nosso e-mail – gabinete Vereador Eduardo lopes”, respondeu às 16h29.

Érica Franquini: “Vou ver com a moça que cuida disto e respondo para você amanhã [hoje]”, disse um dos funcionários do gabinete. [Nota: Até a publicação desta matéria não houve resposta]

Nota da Redação: o 1º email encaminhado a todos os vereadores foi no dia 7 de Fevereiro. Aos cinco citados na matéria, reenviamos mais duas vezes, sendo a última no dia 20 de Março.

One Response

  1. ary disse:

    Gostaria de saber quando irão começar de verdade a fazer valer a lei do silêncio, basta dar uma volta por Taboão para verificar que tudo continua o mesmo à anos, os mesmos botecos funcionando após as 23:00 e muitas vezes com carros promovendo pancadões, sem existesse fiscalização não aconteceriam com certeza.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online