Home » Política, Todas as notícias » Nóbrega elogia postura do prefeito Fernando; Paulinho diz que não precisa chamar o ‘irmão mais velho’

Nóbrega elogia postura do prefeito Fernando; Paulinho diz que não precisa chamar o ‘irmão mais velho’

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

A disputa pela presidência da Câmara de Taboão da Serra [2015-2016] tem alimentado a troca de farpas entre as principais lideranças de cada grupo. De um lado está Marcos Paulo [Pros], que até o momento tem a garantia de sete votos, incluindo os da oposição. Do outro, o atual presidente Eduardo Nóbrega [PR] que trabalha para eleger o vereador Carlinhos do Leme [PP], mas seu grupo tem apenas seis votos.

Nóbrega elogia a postura do prefeito Fernando Fernandes [PSDB] que até o momento, já teria demitido os livres nomeados indicados pelos vereadores Cido [DEM] e Érica Franquini [PSDB] e tem pressionado muitos os dois parlamentares. O atual presidente deixa claro que, se mantida essa votação, a base governista terá que sofrer alterações.

Presidente Eduardo Nóbrega diz que base governista não se mantém com a decisão do grupo dos 7.

Presidente Eduardo Nóbrega diz que base governista não se mantém com a decisão do grupo dos 7.

“Estou satisfeito, felicíssimo, com a condução que o prefeito Fernando Fernandes está dando neste caso. Era tudo que eu esperava”, afirma o presidente. Ele afirma que “A Casa vai entrar 2015 em paz, mas a base terá que ser reconstruída porque teremos dois vereadores a mais na oposição, que é o Cido e a Érica”, empurra.

Sobre o suposto tratamento desigual, citado em nota oficial do ‘grupo dos 7’, o atual presidente afirma que basta relembrar os discursos deles ao longo do seu mandato.

Já o vereador Marcos Paulo foi irônico ao comentar a atitude de alguns vereadores que exigem a participação ativa do prefeito para mudar o voto de alguns vereadores.

“Menino que não consegue resolver briga na rua, chama o irmão mais velho. Eu não precisei chamar ninguém. Se alguém procurou o prefeito, foi um direito dele [prefeito] tentar convencer”, ironizou Paulo.

Ele também diz que “repudia” a postura de Fernandes em relação aos vereadores Cido e Érica e afirma que se eles são traidores, ele também é.

Paulinho afirma que se os vereadores Cido e Érica são traidores, ele também é.

Paulinho afirma que se os vereadores Cido e Érica são traidores, ele também é.

“O presidente Eduardo Nóbrega há dois anos foi eleito com voto da oposição. A regra era uma e agora é outra? Em momento nenhum fui perguntar para o Fernando se o meu voto valia ou não. É incoerente. Por isso nunca me comprometi. Se o prefeito entende que o Cido é traidor, eu também sou. A vereadora Érica também é. O vereador Onishi também é. Nós queremos o bem do governo”, garantiu.

Sobre o tratamento desigual, Paulinho, como é conhecido, não deixou claro quais seriam essas ações. “Quantas vezes vocês já ouviram falar em grupo original, filhos legítimos. Eu nunca preguei a segregação entre os pares. Eu entendo que foram eleitos, são importante para o governo, para oposição. São líderes. E por que esse tratamento? há outras questões internas que eu prefiro não falar”, encerrou.

One Response

  1. jbunitinho disse:

    É quem se diz um servo do Senhor devoto de Jesus dizendo se feliz com a exoneração de funcionarios, a biblia diz que aquele que se acha o maior esse não herdara o reino dos céus, precisa ser humilde Eduardo Nobrega, aquele que vê seu irmão caindo e não ajuda não herdara o reino dos céus!!! Se você se diz realmente um cara que cre em Cristo independente de política VC recebera aquilo que esta plantando.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online