Home » Política, Todas as notícias » Nomeados, membros de CPI contra Shopping Taboão trocam acusações durante sessão

Nomeados, membros de CPI contra Shopping Taboão trocam acusações durante sessão

Por Allan dos Reis, da redação

A Comissão Especial de Inquérito (CEI), semelhante a uma CPI, criada após o Shopping Taboão não cumprir um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) que previa a construção da segunda alça de acesso sobre a Rodovia Régis Bittencourt, sentido Embu das Artes, até o final de outubro deste ano, nomeou os seus cinco integrantes na manhã desta terça-feira (3). A presidente será Érica Franquini (PSDB), o relator Marcos Paulo (PROS), e os integrantes Eduardo Nóbrega (PR), Luiz Lune (PC do B) e Professor Moreira (PT).

Esses são os vereadores que integram a CPI criada para investigar os motivos que o Shopping Taboão não constrói a segunda alça de acesso sobre a Rodovia Régis Bittencourt.

Esses são os vereadores que integram a CPI criada para investigar porque o Shopping Taboão não constrói a segunda alça de acesso sobre a Rodovia Régis Bittencourt, sentido Embu das Artes. (Fotos: Eduardo Toledo / CMTS)

Minutos após a sua criação, o líder do governo Nóbrega atacou os criadores da CEI, a quem classificou de “irresponsáveis” por dar argumentos a oposição, especialmente a Moreira que lembrou que o centro de compras foi construído na outra gestão do atual prefeito.

“A irresponsabilidade, presidente, é quando se coloca uma metralhadora giratória na mão de um inimputável. É perigoso. […] Ser parlamentar exige responsabilidade, seriedade, e é o que devemos ter agora na condução desta comissão. O foco é muito claro. Não está buscando um culpado A ou B, não vamos permitir de maneira nenhuma que se altere o objetivo que é a construção da alça de acesso do Shopping para uma possível desconstrução de um projeto tão importante que revolucionou a cidade de Taboão da Serra”, defendeu Nóbrega.

Mesmo com os visíveis atrasos desde 2002, o líder garante que a diretoria do shopping “tem trabalhado muito forte para que essa alça seja implantada em tempo recorde”, completou.

Shopping Taboão fez apenas a alça para chegar ao local. Motoristas têm que enfrentar trânsito e por pelos bairros para voltar a Rodovia Régis Bittencourt. (Foto: Reprodução Google)

Shopping Taboão fez apenas a alça para chegar ao local. Motoristas têm que enfrentar trânsito e por pelos bairros para voltar a Rodovia Régis Bittencourt. (Foto: Reprodução Google)

Feito a defesa, os outros integrantes da CEI subiram a tribuna e atacaram o shopping. Primeiro foi o presidente Cido que afirma que “o shopping desrespeitou esse parlamento” ao não cumprir o prazo de construção encerrado no mês passado.

Em seguida, foi à vez da presidente da CEI, Érica, subir a tribuna e fazer suas críticas. “Ninguém está falando de progresso aqui. Todo mundo sabe que o shopping é importante para cidade. Só que ele precisa cumprir. Essa CPI é para cumprir o que ele prometeu, que é a alça do shopping. Mandaram aqui [na Câmara em 2013] representantes para dizer que iriam construir e até agora nada. Sou vereadora do povo e não tenho rabo preso com o Shopping Taboão”, cutucou.

Eduardo Nóbrega e Marcos Paulo trocam farpas sobre os trabalhos da CPI contra o Shopping Taboão.

Eduardo Nóbrega e Marcos Paulo trocam farpas sobre os trabalhos da CPI contra o Shopping Taboão.

Em seu discurso, Marcos Paulo começou ironizando. “Eu vejo que a tão falada CPI já começa a criar desconforto”. Em seguida, lembrou da CEI criada em 2013 e provocou – sem dizer o nome – o líder do governo.

“Não vamos prevaricar como membros desta CPI. O que me parece, e quero corroborar com a vereadora Érica, é que não estou entendendo os discursos, porque nós temos mandato. Na comissão [de acompanhamento em 2013], descobrimos um termo de compromisso entre o Shopping Taboão e o prefeito anterior, Evilásio Farias. Vamos ver agora se houve prevaricação do shopping em relação às datas. Porque quem mostra boa vontade, não quer protocolar o projeto no último dia. Só espero que essa comissão não tenha nenhum cavaleiro representando o Shopping Taboão. Porque se tiver, eu virei a público e vou falar. Espero que não tenha”, completou.

De volta a tribuna, Nóbrega classificou como “absurdo” a fala do vereador. “Ele inicia uma comissão de CPI perguntando se alguns dos membros defendem o shopping. Ora, se vossa excelência tem informação, fala. No primeiro dia coloca uma suspeita sobre a comissão”, respondeu. Ele lembrou que os membros da comissão foram nomeados pelo vereador Cido, que garante “não ter nenhum compromisso como o shopping e a todos os membros atendem os quesitos para participar da comissão”, rebate.

Após reunião de líderes e o horário de almoço, Marcos Paulo voltou à tribuna e minimizou a sua fala. “Em momento nenhum eu acusei qualquer vereador. Deixar claro que se alguém entendeu desta forma, eu não falei nomes. Se tivesse, seria homem para falar quem é e desqualificar esse vereador. O recado foi para o Shopping Taboão que não terá ingerência nesta comissão”, esclareceu.

Por fim, a comissão anunciou que a primeira reunião será nesta quarta-feira (4) na Câmara Municipal a partir das 15h e – segundo o vereador Marco Porta (PRB) – “a CPI tem que chegar a um responsável pela não construção”.

 

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online