Home » Política, Todas as notícias » Nova lei permite que GCM de Taboão tenha direito a aposentadoria especial

Nova lei permite que GCM de Taboão tenha direito a aposentadoria especial

Por Williana Lascaleia e Allan dos Reis

A Câmara de Taboão da Serra aprovou na noite desta terça-feira, dia 17, o projeto de lei – encaminhado pelo prefeito Fernando Fernandes – que cria a aposentadoria especial aos Guardas Civis do município. Na proposta, as mulheres da corporação se aposentam com 25 anos de contribuição, sendo pelos menos 15 anos de GCMs. Já os homens, são 30 anos de contribuição com ao menos 20 anos de serviço na guarda. A lei vai para sanção do prefeito.

GCM de Taboão terá direito a aposentadoria especial. Corporação comemora votação na Câmara.

GCM de Taboão terá direito a aposentadoria especial. Corporação comemora votação na Câmara.

De acordo com o secretário de segurança, Gerson Brito, não haverá nenhum tipo de prejuízo aos cofres públicos porque a TaboãoPrev [previdência municipal] irá solicitar o dinheiro recolhido anteriormente junto ao INSS. Com a lei, a administração espera renovar parte do quadro de guardas.

Vereadores, Guardas e o secretário de segurança Gerson Brito comemoram lei que beneficia GCM de Taboão

Vereadores, Guardas e o secretário de segurança Gerson Brito comemoram lei que beneficia GCM de Taboão

“A lei muda o ânimo dos guardas, principalmente daqueles que já tem tempo para descansar merecidamente. Eles teriam mais cinco anos [de trabalho] pela frente ainda. Agora, contando o tempo de fora e os daqui, alguns já se aposentarão. E a gente está renovando o quadro [de guardas] e a cidade ganha”, diz Brito.

Quem também acompanhou a votação foi o ex-vereador e atual secretário de planejamento Olívio Nóbrega que apresentou um projeto semelhante no fim de 2012 que foi aprovado pelos vereadores da época. Porém, o mesmo continua um vício de iniciativa e teria que partir do chefe do executivo, como aconteceu nesta votação.

Em 2010, a Câmara aprovou um novo estatuto que tirou benefícios dos GCMs. Na ocasião, os ex-vereadores Olívio Nóbrega e Wagner Eckstein se posicionaram contra a proposta e chegaram a ser vaiados pelos guardas. Após acordo, o projeto foi aprovado por unanimidade. Mais tarde, os guardas viram que o projeto tirou benefícios da corporação e agora lutam para o retorno deles.

“VOU CURTIR A FAMÍLIA”

Um dos beneficiados pela nova lei, que ainda será sancionada pelo prefeito, é o Inspetor da GCM Pegurelli, que está na corporação há 23 anos. Ele deve dar entrada em breve no pedido de aposentadoria especial para ter mais tempo para curtir a sua esposa Juliana e passar mais tempo ao lado das filhas Carolina e Rafaela.

“Passamos dias e noites muitas vezes sem ver a nossa família e o tempo passa muito rápido. Essa aposentadoria especial vai beneficiar a gente que está a 23 anos na guarda civil e com o tempo que temos de fora [registrado em outras empresas] nós completamos 30 anos [de trabalho]. Agora a gente vai estar mais sossegado e com um pouquinho mais saúde para curtir os seus filhos e poder viajar com a esposa”, diz.

GCM Pegurelli tem 23 anos de corporação e planeja aposentadoria para curtir a família.

GCM Pegurelli tem 23 anos de corporação e planeja aposentadoria para curtir a família.

O inspetor completa que se aposenta com o dever cumprido. “Estou me despedindo do policiamento com muito orgulho. Sem dor no coração porque acredito que deve haver a renovação. Muitos vão se lembrar de mim, muitas famílias, pela amizade que foi feita dentro e fora da corporação. Dever cumprido com muita honra e dignidade”, finaliza.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online