Home » Todas as notícias » Para evitar ocupação de escola em Taboão, ronda da PM é reforçada e direção fica em alerta

Para evitar ocupação de escola em Taboão, ronda da PM é reforçada e direção fica em alerta

Da redação do Taboão em Foco

A vigilância em torno da Escola Estadual Domingos Mignoni, localizada na região central de Taboão da Serra, aumentou nesta segunda-feira (26) após ameaça de ocupação por alguns alunos em protesto contra a reforma do ensino médio, anunciada pelo presidente Michel Temer (PMDB) na semana passada. Na sexta (23), chegaram a anunciar que a unidade escolar teria sido ocupada, mas a informação estava equivocada.

Para evitar ocupação, policiamento em frente a escola Domingos Mignoni é intensificada.

Para evitar ocupação, policiamento em frente a escola Domingos Mignoni é intensificada.

Na noite desta segunda, viaturas da Polícia Militar fizeram ronda em frente a escola. Pelo menos um policial ficou de plantão no portão até a saída dos alunos do período noturno. No fim da tarde, a reportagem também flagrou uma viatura – da ronda escolar – estacionada no local.

Em conversa informal com representantes da escola, eles informaram que seriam “apenas dois alunos” que estariam organizando o ato. Em contra-partida, outros alunos já teriam realizado um abaixo-assinado se posicionando contra a ocupação.

Também comentaram que o grupo estaria articulando com alunos de outra escola do município para ganhar força a ocupação.

OUTRA OCUPAÇÃO

No fim de 2015, a escola Domingos Mignoni chegou a ficar ocupada durante 22 dias. Na época, o protesto era contra a reorganização escolar promovida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), que culminaria com o fechamento de escolas em Taboão da Serra, além da realocação de milhares de alunos.

Com a pressão, que envolveu várias ocupações de escolas no Estado, Alckmin recuou. O secretário de educação Herman Voorwald não gostou e pediu demissão.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online