Home » Política, Todas as notícias » Para evitar “tragédia”, CPI da Cooperativa limita a quantidade de pessoas que vão ocupar galerias

Para evitar “tragédia”, CPI da Cooperativa limita a quantidade de pessoas que vão ocupar galerias

Por Allan dos Reis, no Jardim Helena

A próxima oitiva da CPI da Cooperativa Habitacional Vida Nova acontece na sexta-feira (29) às 18h e o presidente Eduardo Lopes (PSDB) limitou a quantidade de pessoas que poderão adentrar as galerias para acompanhar os depoimentos por “falta de segurança”. Os interessados devem ligar no telefone (11) 4788-9300 e fornecer dados como nome, número do rg e telefone.

Presidente da CPI, Eduardo Lopes limita a participação do público dentro da Câmara.

Presidente da CPI, Eduardo Lopes limita a participação do público dentro da Câmara.

“Vamos limitar o número de pessoas porque no último [realizado dia 13] tivemos um número acima do esperado”, informou Lopes, que havia convidados as pessoas pelas redes sociais.

Na primeira oitiva, a grande maioria das pessoas era de trabalhadores da cooperativa presidida pelo Aprígio, e que é um dos alvos da investigação. Na ocasião, os membros da CPI foram duramente criticados e vaiados.

Lopes argumenta que todos os artigos do regimento interno, relacionados a participação da população no acompanhamento das sessões e audiências, foram desrespeitados.

“Todos os incisos na primeira audiência foram desrespeitados. Portanto, essa medida, é para evitar, de repente, situações movidas pelas paixões partidárias, ser evitado, quem sabe, até uma tragédia. Enviamos também ofício a Polícia Militar e ao comandante da segurança em nosso município para que possa fazer com que essa audiência caminhe da melhor forma possível”, completou.

Galeria lotada na primeira oitiva da CPI da Cooperativa. Parte de cima vai ficar fechada e o controle embaixo será limitado.

Galeria lotada na primeira oitiva da CPI da Cooperativa. Parte de cima vai ficar fechada e o controle embaixo será limitado.

Além do Aprígio, foram convocados os secretários municipais Rogério Balzano (Obras) e Joel Ney De Sanctis Jr. (Assuntos Jurídicos).

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online