Home » Política, Todas as notícias » Placa irregular em praça faz oposição entrar com outro pedido de investigação contra prefeito; governistas rejeitam

Placa irregular em praça faz oposição entrar com outro pedido de investigação contra prefeito; governistas rejeitam

Por Gilmar Júnior, no Jardim Helena

Na primeira parte da sessão desta terça-feira, dia 26, foi registrado mais uma denúncia com o consequente pedido de afastamento do prefeito Fernando Fernandes (PSDB). Novamente protocolada pelo presidente do PC do B em Taboão, Toninho. Desta vez, a argumentação se baseava em uma suposta placa irregular na Praça Nicola Vivilechio que fazia publicidade ao mercado atacadista Assaí.

Placas irregulares que fez oposição pedir - de novo - abertura de processo de investigação contra o prefeito Fernando Fernandes.

Placas irregulares que fez oposição pedir – de novo – abertura de processo de investigação contra o prefeito Fernando Fernandes.

O vereador Luiz Lune (PC do B) subiu a tribuna e falou em defesa da denúncia, que mais uma vez foi rejeitada por 10 x 3. “Essa desculpa de antecipação é choradeira. Acho que não se pode mudar as regras do jogo. Quem somos nós de querer tolher o direito de um cidadão? Uma denúncia que se parece pequena. Mas como se mede um crime? Com uma régua? Hoje, o Assaí colocou uma placa. Amanhã, [outra pessoa] tem o direito de por uma placa também. Tem que haver regras”, disse.

Placar crava mais uma vitória dos governistas, que não aceitaram o pedido de investigação

Placar crava mais uma vitória dos governistas, que não aceitaram o pedido de investigação

Lune aproveitou para rebater os argumentos da base aliada de que as denúncias estão travando a pauta da Câmara. “Vocês choram muito, reclamam das indicações que estão paradas. Hipocrisia. São quase 500 indicações que estão paradas bem antes dessas denúncias. Se vocês não têm paciência para jogar, que fiquem em casa”, concluiu.

O líder do governo, Eduardo Nóbrega, disse que a situação é a situação é vexatória. “Estamos falando de um mandato que foi ungido por um voto popular. E que querem caçá-lo em virtude de uma placa na praça Nicola Vivilechio. Presidente, vossa excelência já caminha para o entendimento de que a coisa está passando do razoável e peço encarecidamente, mesmo com o seu mais alto ar democrático, que possa rever para que a Câmara não fique em uma situação vexatória”, afirmou.

O vereador e presidente da casa, Cido Alves (DEM), disse que  “Algumas semanas atrás começou-se a fazer as denúncias. Estamos buscando de toda forma promover a democracia em todos os seus aspectos. Mas hoje estamos em um momento para dizer que estamos em um abuso do direito. Perdemos praticamente o expediente todo para tratar de uma denúncia vaga e irresponsável de uma placa que o Assaí colocou e depois foi retirada”.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online