Home » Todas as notícias » Polícia Federal cumpre mandado de condução coercitiva em Taboão em nova fase da Lava Jato

Polícia Federal cumpre mandado de condução coercitiva em Taboão em nova fase da Lava Jato

Da redação do Taboão em Foco

A 35ª fase da Operação Lava Jato realizada pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (26), que prendeu o ex-ministro da fazenda Antônio Palocci, teve desdobramentos em Taboão da Serra com a condução coercitiva de Samuel V. M. da Silva, além de pedidos de busca e apreensão.

carro-pf

Por telefone, A Polícia Federal de Curitiba (PR) se limitou a confirmar apenas o nome da pessoa que foi conduzida de forma coercitiva no município para prestar esclarecimentos na sede da PF em São Paulo.

Porém, com informações do pedido da operação é possível identificar que Samuel teria sido funcionário do marqueteiro Duda Mendonça.

“Veficou-se, ademais, que José E. de J. e Samuel V.M. atuaram, no ano de 2010, em campanha eleitoral por meio da empresa MKPOL – Marketing político, tendo sido observados casos de possível lavagem de dinheiro e pagamentos em espécie de fornecedores, circunstância essa que corrobora a suspeita da origem espúria de recursos destinados à empresa de marketing vinculada ao investigado”, diz trecho do documento.

Na região, a operação também cumpriu mandado de busca e apreensão e outro de condução coercitiva em Itapecerica da Serra.

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online