Home » Região, Todas as notícias » Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do prefeito Ney Santos por suspeita em licitação

Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do prefeito Ney Santos por suspeita em licitação

Direto da redação, com informações da PF

A Polícia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União, cumpriu na manhã desta terça-feira (9) a Operação Prato Feito com o intuito de desarticular grupos criminosos suspeitos de desviar recursos destinados à educação. Entre os alvos está o prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB).

Ao todo foram cumpridos 154 mandados de busca e apreensão, incluindo a casa do prefeito em Alphaville. A PF chegou a pedir a prisão de algumas pessoas – mas não revelou os nomes – porém, a Justiça não autorizou.

Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do prefeito de Embu das Artes, Ney Santos. (Foto: Arquivo)

Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do prefeito de Embu das Artes, Ney Santos. (Foto: Arquivo)

As investigações apontam suspeita de fraudes em licitações de merenda escolar, uniformes, material didático, entre outros em diversos municípios do Estado como Águas de Lindóia, Araçatuba, Araras, Cubatão, Itaquaquecetuba, Jaguariúna, Leme, Mairinque, Mauá, Monte Mor, Peruíbe, Pirassununga, São Bernardo do Campo, São Paulo, São Sebastião, Sorocaba, Tietê e Várzea Paulista.

O esquema funcionaria da seguinte maneira. Lobistas entravam em contato com as prefeituras para direcionar licitações com recursos federais. O inquérito policial foi instaurado a partir de 2015, com dados do TCU.

Ao todo são 85 pessoas envolvidas, sendo 13 prefeitos, 4 ex-prefeitos, 1 vereador,  27 agentes públicos não eleitos e outras 40 pessoas da iniciativa privada. A Controladoria Geral da União identificou, ao longo das investigações, 65 contratos suspeitos, cujos valores totais ultrapassam R$ 1,6 bi.

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de fraude a licitações, associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, com penas que variam de 1 a 12 anos de prisão.


NOTA À IMPRENSA

A Prefeitura de Embu das Artes esclarece que as investigações da Polícia Federal que estão ocorrendo se referem à operação em curso em São Paulo, no Paraná e no Distrito Federal, que investiga contratos de licitação para merenda escolar, uniforme, material didático e outros serviços.

No estado de São Paulo estão sendo investigadas outras 21 cidades: Águas de Lindóia, Araçatuba, Araras, Barueri, Cubatão, Itaquaquecetuba, Guarulhos, Jaguariúna, Leme, Mairinque, Mauá, Monte Mor, Peruíbe, Pirassununga, São Bernardo do Campo, São Paulo, São Sebastião, Sorocaba, Tietê, Várzea Paulista e Votorantim.

A Prefeitura de Embu das Artes está colaborando com as investigações.

Att,

Secretaria de Gestão Tecnológica e Comunicação

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online